Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GOOGLE, QUEM DIRIA, AINDA MANDA CARTAS

08/05/2009

 


A empresa mais superultracool da galáxia também é adepta das tecnologias do arco da velha. Sério. O Google ainda envia cartas pelo correio para os usuários.

No mês passado, o Juliano Barreto, editor aqui da INFO e CEO do blog Resenha em 6, tomou um tremendo susto ao chegar em casa. Ele recebeu uma pequena carta com o logotipo da empresa de Larry Page e Sergey Brin no canto superior esquerdo (exatamente a que aparece na imagem acima). Seria uma pegadinha? Um ataque terrorista com antraz? Um golpe do PCC? Uma proposta para tomar o lugar de Eric Schmidt?

Nenhuma das alternativas anteriores. A mensagem, escrita pelo suporte do Google Adsense, viajou de avião por 7.600 quilômetros apenas para informar o PIN de ativação da conta que ele havia criado para o Resenha em 6. Depois de seguir as instruções e digitar o número, ele começaria a faturar e se tornaria o mais novo magnata da web brasileira. Para uma empresa de vanguarda como o Google, povoada por centenas de engenheiros com superpoderes, a medida beira a esquisitice.

Pior foi o que aconteceu com o búlgaro Ismail Kurtov, que também recebeu a carta pelo correio. No caso dele, no entanto, o texto veio escrito em hebreu (!). Kurtov teve de recorrer ao fórum de ajuda do Adsense para tentar descobrir o número do PIN. Acabou divulgando, sem querer, o seu endereço pessoal pra internet toda ver. E não conseguiu ativar a conta.

Seria impossível para o Google fornecer esse número, de modo seguro, pela web? Óbvio que não. A coisa fica pior ainda se pensarmos que o pessoal de Mountain View adora dizer que ajuda o meio ambiente. Quantas toneladas de papel foram gastas nessa brincadeira? E a energia usada para imprimir todas essas cartas? E a tinta das impressoras? E o combustível queimado em todo o processo, pelos carros que partiram do escritório do Google em Nova York, pelos aviões e também pelos veículos dos correios em diferentes países do mundo?
 
 
 
Fonte: Info

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar