Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

´FINAL FANTASY XIII´ JÁ ESTÁ EM TRADUÇÃO, DIZ PRODUTORA

07/05/2009

"Final Fantasy" é um dos RPGs mais famosos do mundo e uma nova edição é sempre aguardada com expectativa. Prova disso foi que uma simples demonstração do game, encartada na edição japonesa do Blu-ray de "Final Fantasy VII: Advent Children", fez turbinar as vendas do PlayStation 3 por lá (e com isso venceu o rival Wii em abril).

Tradicionalmente, os games japoneses, principalmente os RPGs, costumam demorar para sair no ocidente, culpa da grande quantidade de textos e falas, que demandam um extenso período de localização. Assim, os jogadores ocidentais devem ver a cor de "Final Fantasy XIII" em sua língua local apenas em 2010, na melhor das hipóteses.

No entanto, numa entrevista para o site inglês VideoGamer, o produtor do jogo, Yoshinori Kitase, disse que está tomando precauções para que as edições ocidentais não demorem tanto quanto antes. "Tradicionalmente, os ´Final Fantasy´ numerados demoram meio ano entre o lançamento no Japão e nos Estados Unidos, e outros seis meses para chegar à Europa", explica. "Mas queremos minimizar isso, agora".

Adiantando

"Por exemplo, já começamos a gravar as vozes em inglês, e a localização dos textos também estão em progresso", afirma. "Normalmente, completamos a versão japonesa primeiro, depois fazemos as edições americana e europeias, mas, desta vez, há algumas tarefas que estão acontecendo simultaneamente. Então, desta vez, estamos torcendo para lançar em menos de um ano na Europa, depois de sair no Japão".

"Final Fantasy XIII" traz como protagonista uma garota de apelido Lightning, que foi escolhida pelo cristal mítico para ser a "inimiga da raça humana que quer destruir o planeta". O mundo desse episódio está dividido entre a Cocoon, um casulo que é uma utopia de tecnologia, e a Pulse, um local para onde vão os indesejados. O game sai para Xbox 360 e PlayStation 3 no ocidente.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar