Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SITES AJUDAM A RESOLVER PROBLEMAS ELÉTRICOS E HIDRÁULICOS

04/05/2009

A porta de sua geladeira velha teima em não fechar, sua comida começa a estragar, e o dinheiro está curto para a assistência técnica. Soluções simples para esse tipo de dor de cabeça --no caso, usar pequenos ímãs para reforçar a vedação da porta-- circulam na internet e ajudam a acabar com os problemas caseiros mais recorrentes (veja abaixo).

A maior dificuldade é separar as informações pertinentes daquelas que pregam peças nos desavisados, já que muitos dos sites são alimentados pelo leitor --o próprio usuário pode contribuir com dicas.

A Folha reuniu endereços eletrônicos que apresentam soluções para dilemas domésticos comuns e conversou com especialistas a respeito das saídas apontadas. As páginas foram selecionadas por critérios de facilidade de navegação e confiabilidade das informações.

A seleção das dicas levou em consideração os problemas mais procurados pelos consumidores de seguradoras e empresas de manutenção.

Cuidados reais

A maioria das chamadas trata de problemas elétricos e hidráulicos e reparos em eletrodomésticos, segundo empresas como a Help-Lar e a Marido de Aluguel e as seguradoras Marítima e Porto Seguro.

Quem resolve seguir as dicas deve tomar alguns cuidados. Trocar a resistência de um chuveiro, por exemplo, requer uma série de medidas básicas de segurança, assim como todos os reparos que dizem respeito a circuitos elétricos.

Não se deve esquecer de desligar a chave de energia, a fim de evitar acidentes. Chefes de manutenção aconselham ainda o uso de botas de borracha.

Também é importante que a pessoa tenha as ferramentas indicadas. "Se tentar fazer com a mão, poderá se machucar", diz Nelson Hokama, 46, gerente da Universidade Multicoisas, escola de treinamento da loja de materiais e reformas.

Vídeos, com técnicos ensinando como realizar reparos domésticos, estão no site www.multicoisas.com.br.

Suporte

Quando está com algum problema doméstico, a documentarista e produtora Patrícia Munçone, 37, diz que só liga para alguém se o que encontra na internet não é suficiente.

"No começo da vida de casada, eu não sabia nada de trabalhos domésticos", admite. Na rede, encontrou orientações sobre como tirar manchas, o funcionamento da geladeira e o modo de fixar papel de parede.

Munçone diz que segue dicas simples, mas nem sempre abre mão de recorrer aos serviços de especialistas. Nesses casos, faz questão de encontrar tudo sobre o conserto pelo qual vai pagar: "Isso me dá segurança".

 
Arte
 

 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar