Página Inicial
  • Lista de Compras
  • Notícias
  • Humor
  • Cadastro


twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MEMÓRIAS DDR5 ESTÃO ESGOTADAS DEVIDO À ESCASSEZ DE COMPONENTES

11/19/2021

Com a chegada da 12ª geração de processadores Intel Core Alder Lake, as memórias DDR5 fizeram sua estreia no mercado. Mas quem não comprou, não consegue comprar mais, pelo menos não tão cedo. O grande problema da falta desse componente, é que quem começou a montar seu sistema baseado em Alder Lake, e falta só a memória RAM, dificilmente conseguirá completar o PC agora.

Em geral, a falta de componentes primários para a fabricação de qualquer hardware já é bem conhecida. Mas, sendo específico no caso das memórias DDR5, a escassez do PMIC (Power Management Integrated Circuit) é o principal causador da falta de fornecimento de módulos DDR5 ao mercado global.

Segundo fontes do site 12Chip, o custo dos chips PMIC para DDR5 custam cerca de 10 vezes mais se comparado com o chip equivalente usado no módulos DDR4. O pior dessa situação, é que ela só deve melhorar em pelo menos 35 semanas. Ou seja, somente no segundo semestre do ano que em é que essa situação deve começar a mudar, o que bate com boa parte das estimativas referentes ao retorno à normalização na indústria de semicondutores.

A fabricação dos módulos DDR5 tem uma particularidade comparado com DDR4. A nova tecnologia tem o gerenciamento de energia no próprio módulo. Isso faz com que a memória DDR5 consiga ter energia "direto" da fonte e isso é feito pelo chip PMIC. Talvez se não fosse por essa diferença, pode ser que os módulos DDR5 estivessem mais presentes no mercado.

Existem alguns modelos de placas-mãe Z690 que suportam módulos DDR4, então quem optou por algum desses modelos, ainda tem chance de usufruir de seu i5-12600K, i7-12700K ou i9-12900K. As estimativas para a falta desse item no mercado apontavam para acontecer depois de alguns meses a partir do lançamento, mas a coisa tá pior do que se imagina.

Ainda é possível achar módulos DDR5 no Brasil, mesmo que bem difícil, e com os preços muito altos, tornando uma tecnologia que, daqui alguns, se tornará comum, algo para entusiasta no momento.

 

Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar