Página Inicial
  • Lista de Compras
  • Notícias
  • Humor
  • Cadastro


twitter

Facebook

  Notícia
|

 

TENCENT ANUNCIA COMPRA DO ESTÚDIO BRITÂNICO DE JOGOS SUMO POR US$ 1,27 BILHÃO

7/19/2021

´Sackboy: a Big Adventure´ é um dos jogos desenvolvidos pela Sumo, que foi comprada pela Tencent. Imagem: Sumo Digital/Divulgação

A Tencent anunciou planos de comprar o estúdio de jogos Sumo Group por US$ 1,27 bilhão (cerca de R$ 6,5 bilhões). A gigante chinesa da tecnologia já tem uma participação de 8,75% da desenvolvedora, como relata a Gamesindustry.biz, e a oferta representa um prêmio de 43% sobre a avaliação atual da empresa britânica.

A aquisição traz outro grande nome do meio gamer para os dominíos da Tencent. Considerada por muitos “a maior empresa de jogos do mundo”, a empresa chinesa já é dona da Riot Games, de ‘League of Legends‘, e tem participação financeira em várias publishers, incluindo Epic Games, Activision Blizzard, Ubisoft, Bluehole, Paradox Interactive, Supercell, Grinding Gear Games, Bohemia Interactive e Yager, além da plataforma de bate-papo Discord.

Com sede em Sheffield, na Inglaterra, o estúdio comprado tem como principal força o seu braço principal, a Sumo Digital, que trabalha ativamente com muitos dos maiores nomes da indústria. Recentemente, a empresa desenvolveu ‘Sackboy: A Big Adventure’, um dos primeiros títulos exclusivos do PlayStation 5 (PS5), e foi a desenvolvedora por trás de ‘Crackdown 3’, para os consoles Xbox e PC.

A compra da Sumo ainda dá à Tencent uma mistura de conteúdo AAA (jogos com os maiores orçamentos) e indie. Ao lado de ‘Sackboy’ e ‘LittleBigPlanet’, ambos publicados pela Sony, os britânicos também auxiliaram no desenvolvimento (e tem participação nos lucros) de ‘Hitman’ 1 e 2. E mais: o estúdio é dono de várias produtoras independentes, como a The Chinese Room, de ‘Everybody’s Gone to the Rapture’, e a Red Kite Games, de ‘Two Point Hospital’, além da polonesa PixelAnt Games.

“Os três fundadores da Sumo – Paul Porter, Darren Mills e eu – somos apaixonados pelo que fazemos e estamos totalmente comprometidos em continuar em nossas funções”, disse o CEO do estúdio, Carl Cavers, em comunicado sobre o assunto. “A oportunidade de trabalhar com a Tencent é uma que simplesmente não podíamos perder. Isso traria outra dimensão à Sumo, apresentando oportunidades para realmente deixarmos nossa marca nesta indústria incrível, de maneiras que antes estavam fora de alcance”.

Cavers também afirma que a Tencent “demonstrou seu compromisso em apoiar” o trabalho da Sumo, bem como na elaboração de uma IP original. Ou seja, a gigante chinesa se compromete a não realizar muitas modificações e apenar “investir e dar suporte nos novos projetos”.

“A Tencent pretende trazer sua experiência e recursos para acelerar o crescimento da Sumo no Reino Unido e no exterior, apoiando a produtora no mercado de talentos criativos de primeira linha, e no Reino Unido, como um centro para inovação em jogos”, destacou o diretor de estratégia da Tencent, James Mitchell, na nota oficial à imprensa. “Acreditamos que a transação proposta beneficia todas as partes interessadas, oferece valor atraente para os acionistas da Sumo, ao mesmo tempo que aprimora os negócios para o futuro”.

A compra da Sumo pela Tencent é, em menos de 12 meses, o segundo negócio bilionário envolvendo um desenvolvedor britânico de jogos. Recentemente, a EA concluiu sua aquisição da Codemasters, especialista em games de corrida, por um preço semelhante.

 

Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar