Página Inicial
  • Login
  • Esqueci a Senha
  • Lista de Compras
  • Notícias
  • Humor
  • Cadastro



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

AMD ANUNCIA PROCESSADORES DA SÉRIE RYZEN 5000 PARA NOTEBOOKS NA CES 2021

1/13/2021

A AMD revelou nesta terça-feira (12) o novo portfólio de processadores móveis da linha Ryzen 5000. A principal novidade é que os novos chipsets estarão disponíveis também nos notebooks. O anúncio foi feito pela CEO da companhia, Lisa Su, que também confirmou parcerias com Lenovo, HP e Asus — todas se comprometeram em lançar aparelhos com os novos chips já agora no primeiro trimestre de 2021.

Assim como a geração anterior de chips móveis da série 4000, a linha Ryzen 5000 inclui duas séries de processadores: H, de alto desempenho, e U, ultramóveis, ajustados para melhor se adequarem ao seu formato. Completando a oferta de processadores móveis, os processadores da série HX oferecerem aos jogadores e criadores o mesmo poder de fogo, enquanto os processadores HS contam com a potência da série H em formatos mais finos e leves.

O modelo mais poderoso é o Ryzen 9 5980HX, capaz de aumentar o desempenho de thread único em até 23% e o desempenho de vários threads em até 17% mais rápido do que a geração anterior. Ele tem 8 núcleos, 16 threads, clock de 4,8 GHz e 45 W de potência.

Assim como seus irmãos de desktop, as CPUs móveis da série 5000 também são baseadas na nova arquitetura Zen 3 da AMD, aproveitando algumas mudanças importantes que dão às variantes um aumento impressionante de desempenho em relação à geração anterior. E se tudo correr conforme o planejado, os consumidores também verão esse mesmo salto nos laptops, já que cada processador HX terá entre 200 Hz e 400 Hz de frequência a mais que as versões anteriores.

Além disso, a AMD disse que os novos processadores móveis, como o Ryzen 9 5900HX, são capazes de rodar jogos em configurações altíssimas, incluindo suporte ao 4K. O Ryzen 7 5800U, por exemplo, oferece até 17,5 horas de uso geral e até 21 horas com reprodução de vídeo. Essa é uma duração de bateria bastante longa, que poucos laptops podem ter, e também uma boa indicação de como serão os dispositivos equipados com a nova solução da AMD.

A linha completa de processadores móveis da família Ryzen 5000 (à direita). Imagem: AMD/Divulgação

A companhia também está criando versões de TDP menores dos processadores de desktop Ryzen 9 5900X e Ryzen 7 5800X, que estarão disponíveis apenas para empresas que desenvolvem notebooks. O Ryzen 9 5900 e o Ryzen 7 terão um TDP de 65 W, em comparação com 105 W nas versões de desktop independentes.

Para não deixar de lado os gráficos, os primeiros notebooks da AMD com arquitetura RDNA 2 também chegarão aos notebooks no primeiro semestre de 2021. Pela primeira vez, a AMD também vai oferecer seu Threadripper Pro aos consumidores, que estará disponível em varejistas independentes. Os processadores dessa categoria contam com até 64 núcleos, 8 canais de memória, suporte RDIMM e LRDIMM, 128 pistas PCle Gen 4 e tecnologias de segurança AMD Pro.

 

Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar