Página Inicial
  • Lista de Compras
  • Notícias
  • Humor
  • Cadastro


twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SISTEMA PARA CELULARES DA HUAWEI DEVE SER LANÇADO A DESENVOLVEDORES EM DEZEMBRO

11/9/2020

De um ano para cá, o ecossistema Huawei Mobile Services (HMS) da Huawei cresceu significativamente, tornando-se o terceiro maior do mundo, atrás apenas do iOS e do Google Mobile Services (GMS), segundo dados da própria empresa. No entanto, ele ainda funciona em seus smartphones com a personalização EMUI 11 baseada no Android, embora a marca já tenha planos de fazer a migração para o seu próprio sistema operacional.

Embora a Huawei já tenha confirmado que os primeiros smartphones com seu sistema Harmony, também chamado de Hongmeng, serão lançados oficialmente somente em 2021, rumores vindos da China indicam que a versão Beta do SO será disponibilizada para testes ainda neste ano, mais especificamente a partir do dia 18 de dezembro.

Em publicação na rede social chinesa Weibo, um usuário disse ter informações de que o sistema operacional está progredindo bem nos celulares, e que espera que os desenvolvedores possam participar da versão Beta, ajudando a construir o SO. Após o período de testes, alguns usuários terão a oportunidade de atualizar seus celulares entre os meses de janeiro e fevereiro de 2021, para depois ser disponibilizado oficialmente.

Em setembro deste ano, um representante da Huawei já havia confirmado ao site Android Authority que o sistema HarmonyOS seria disponibilizado para aparelhos rodando a personalização EMUI 11. No entanto, o cronograma inicial divulgado pela empresa informava que celulares com mais de 4 GB receberiam o SO apenas a partir de outubro de 2021, e não janeiro.

De toda forma, a atualização é uma ótima notícia para os usuários da Huawei, já que não será preciso adquirir outro aparelho para experimentar o novo sistema operacional.

HarmonyOS: alternativa ao Android

Atualmente, o sistema HarmonyOS já funciona em computadores, relógios inteligentes, carros elétricos e terminais domésticos automatizados. A ideia, aqui, é criar um ecossistema inteiramente conectado, sem depender de outras soluções, como o Android. Inclusive, em agosto o CEO da divisão de consumo da Huawei, Richard Yu, declarou que o SO poderá não apenas substituir o Android nos celulares, como também o Windows no PC.

Com relação ao seu pacote de serviços Huawei Mobile Services, dados da empresa afirmam que já são 2 milhões de desenvolvedores globais, um aumento de 98% em um ano, e 500 milhões de usuários ativos por vez utilizando a loja de apps AppGallery. Recentemente, o ecossistema recebeu importantes atualizações, como a adição do Petal Search e Maps, com a intenção de disputar mercado com o Google Mapas e Pesquisa do Google.

 

Fonte: CanalTech

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar