Página Inicial
  • Login
  • Esqueci a Senha
  • Lista de Compras
  • Notícias
  • Humor
  • Cadastro



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

10 CELULARES COM MELHOR AUTONOMIA DE BATERIA

3/2/2020

Os smartphones trouxeram configurações e possibilidades consideráveis em relação aos antigos celulares. Mas, infelizmente, não ainda chegou o dia de vermos baterias que durem semanas, assim como o nostálgico “Nokia tijolão”.

Embora seja um sonho cada vez mais próximo, com as futuras baterias de grafeno prometendo dias de autonomia, as fabricantes continuam se esforçando para equipar seus lançamentos com baterias maiores e componentes que consomem menos bateria, que conseguem garantir, no mínimo, pouco mais de um dia de uso sem problemas - dependendo do seu uso.

Por isso, se autonomia de bateria for um diferencial de compra você, fique de olho nessa matéria, pois você verá os dez smartphones com as melhores capacidades disponíveis no Brasil. Para melhor entendimento, a lista está em ordem crescente, ou seja, do menor para o maior.

10. Samsung Galaxy S10+ (4100 mAh)

O S10+ tem tela curvada e processamento econômico (Foto: Reprodução/Samsung)

Em décima posição está o topo de linha da Samsung, o Galaxy S10+, lançado em março do ano passado no Brasil. Um dos mais potentes disponíveis no Brasil, ele traz um processador fabricado em 8nm, que consome menos energia, enquanto entrega mais desempenho.

 

Mesmo com tela de 6,4 polegadas e resolução Quad HD+, você pode alterar a resolução para Full HD+ ou HD+ para economizar energia. Independente da sua escolha, as tecnologias Super AMOLED e HDR10+ oferecem cores bastante vivas e brilho intenso.

Nas câmeras, o S10+ é equipado com um sistema triplo na traseira e duplo na frontal, capazes de gravar em resolução 4K a 60fps.

Além da bateria de 4100 mAh, o S10+ se destaca por oferecer carregamento reverso, ou seja, consegue recarregar outros dispositivos compatíveis com a tecnologia, carregamento rápido e carregamento sem fio.

Especificações técnicas do Galaxy S10+:

  • Tela: 6,4 polegadas 2K Super AMOLED
  • Processador: Exynos 9820 8nm (octa-core de até 2.7GHz)
  • Memória RAM: 8GB / 12GB
  • Armazenamento interno: 128GB / 512GB / 1TB
  • Câmeras traseiras: 12MP (f/1.5-2.4) + 12MP (2.4) + 16MP (2.2)
  • Câmeras frontais: 10MP (f/1.8) + 8MP (f/2.2)
  • Bateria: 4100 mAh com carregamento rápido, sem fio e reverso
  • Preço médio: R$ 2.999 / R$ 3.200

9. Huawei P30 Pro (4200 mAh)

O P30 Pro é o mais potente da Huawei no Brasil

O P30 Pro é o concorrente direto do Galaxy S10+ no Brasil. Lançado em maio de 2019, o grande destaque do smartphone da Huawei é seu sistema quádruplo de câmeras, eleito o melhor da época.

Diferente do S10+, o P30 Pro traz uma tela um pouco maior, de 6,47 polegadas, mas com resolução Full HD+. Embora teoricamente inferior, a qualidade nas imagens é aprimorada graças à tecnologia OLED. Além disso, uma resolução menor tem a vantagem de consumir menos energia.

 

Mas um dos principais responsáveis por fazer o P30 Pro aparecer nessa lista é o processador Kirin 980, primeiro fabricado em 7nm. Em colocações mais padrões, ele tão rápido, eficiente e inteligente quanto às opções da Qualcomm e da Samsung.

Como todo principal smartphone premium, além da bateria grande, o P30 Pro tem suporte ao carregamento ultrarrápido de 40W, carregamento sem fio de 15W e carregamento reverso, podendo recarregar outros dispositivos compatíveis usando sua traseira.

Especificações técnicas do P30 Pro:

  • Tela: 6,47 polegadas Full HD+ OLED
  • Processador: Kirin 980 (octa-core de até 2.6GHz)
  • Memória RAM: 6 ou 8GB
  • Armazenamento interno: 128GB / 256GB / 512GB (expansíveis via cartão de memória até 256GB)
  • Câmeras traseiras: 40MP (f/1.6) + 8MP (f/3.4) + 20MP (f/2.2) + sensor ToF 3D
  • Câmera frontal: 32MP (f/2.0)
  • Bateria: 4200 mAh com carregamento rápido, sem fio e reverso
  • Preço médio: R$ 3.700 / R$ 4.000

8º. Samsung Galaxy Note 10+ (4300 mAh)

O Galaxy Note 10+ é o potente da Samsung com caneta stylus (Foto: Reprodução/Samsung)

Mais um smartphone da Samsung na lista, o Galaxy Note 10+ é basicamente um Galaxy S10+ com caneta stylus. A tela passa pa

As demais configurações incluem: processador Snapdragon 855 de 7nm, tela Full HD+ de 6,7 polegadas, três câmeras traseiras e sistema operacional Android 10 de fábrica.

Diferente do seu irmão S10+, a construção de plástico do S10 Lite o impossibilitou de ter carregamento sem fio e carregamento reverso, mas ainda há suporte ao carregamento rápido.

Especificações técnicas do Galaxy S10 Lite:

 
  • Tela: 6,7 polegadas Full HD+ Super AMOLED
  • Processador: Snapdragon 855 (octa-core 7nm)
  • Memória RAM: 6GB
  • Armazenamento interno: 128GB (expansível via cartão de memória até 1TB)
  • Câmeras traseiras: 48MP + 12MP + 5MP
  • Câmera frontal: 32MP
  • Bateria: 4500 mAh com carregamento rápido
  • Preço sugerido: R$ 3.999

6. Samsung Galaxy Note 10 Lite (4500 mAh)

O Note 10 Lite é a versão mais acessível da linha com canetinha (Foto: Reprodução/Google Imagens)

Assim como o S10 Lite, o Note 10 Lite também é uma versão mais acessível da linha Galaxy Note 10, mas com a nova identidade visual da Samsung. Isso se reflete no processamento, opções de memória, tela e nas câmeras.

Curiosamente, o mais “fraco” da linha é o que oferece mais bateria, com 4500 mAh. Entretanto, bem como o S10 Lite, também é construído em plástico e não acompanha suporte ao carregamento reverso e carregamento sem fio.

As demais especificações incluem tela de 6,7 polegadas Full HD+, três câmeras traseira e sensor óptico de digital sob a tela.

ra 6,8 polegadas, mas possui a mesma resolução 2K e tecnologia Super AMOLED. Na prática, o aumento da tela resulta em um maior consumo de energia.

Entretanto, o Galaxy Note 10+ é equipado com o processador Exynos 9825, o primeiro da Samsung fabricado em 7nm. Isso significa mais eficiência energética e menor consumo de energia, principalmente na hora de jogar seus jogos online.

O departamento de câmeras também é basicamente o mesmo em relação ao S10+, exceto por atualizações no software e um sensor ToF 3D para medição de profundidade.

No lançamento, a Samsung comentou que precisou retirar a entrada de 3,5mm para fones para colocar mais bateria. Verdade ou não, temos 4300 mAh com carregamento rápido ultrarrápido de 45W, carregamento reverso e carregamento sem fio.

Especificações técnicas do Galaxy Note 10+:

  • Tela: 6,8 polegadas 2K Super AMOLED
  • Processador: Exynos 9825 7nm
  • Memória RAM: 12GB
  • Armazenamento interno: 256 ou 512GB (cartão de memória até 1TB)
  • Câmeras traseiras: 12MP (f/1.5-2.4) + 12MP (f/2.2) + 16MP (f/2.4) + ToF 3D
  • Câmera frontal: 10MP (f/2.2)
  • Bateria: 4300 mAh com carregamento ultrarrápido, inverso e sem fio
  • Preço médio: R$ 3.600 / R$ 4.000

7. Samsung Galaxy S10 Lite (4500 mAh)

Curiosamente o S10 Lite tem mais bateria que o S10+ (Foto: Reprodução/Google Imagens)

A Samsung lançou o S10 Lite no Brasil no comecinho de 2020 com a nova identidade visual da marca. Apesar disso, o nome “lite” não engana: trata-se de uma versão menos potente da família S10. Entretanto, curiosamente, o S10 Lite é também a versão com mais autonomia de bateria da linha: 4500 mAh.

Especificações técnicas do Galaxy Note 10+:

  • Tela: 6,7 polegadas Full HD Super AMOLED
  • Processador: Exynos 9810 (octa-core de 10nm)
  • Memória RAM: 6GB
  • Armazenamento interno: 128GB (expansível via micro SD até 1TB)
  • Câmeras traseiras: 12MP (f/1.7) + 12MP (f/2.4) + 12MP (f/2.2)
  • Câmera frontal: 32MP (f/2.2)
  • Bateria: 4500 mAh com carregamento rápido
  • Preço sugerido: R$ 4.799

5. ASUS Zenfone 6 (5000 mAh)

O Zenfone 6 ultrapassa a casa dos 5000 mAh (Foto: Reprodução/ASUS)

O Zenfone 6 é o principal topo de linha da ASUS em 2019. Lançado no Brasil em outubro no ano passado, o principal destaque do smartphone é o seu sistema de câmeras giratórias, que o permitiu ter uma tela Full HD+ sem bordas de 6,4 polegadas.

Mas ter uma tela grande significa maior consumo de energia, por isso, a ASUS incluiu uma bateria gigante de 5000 mAh. Aliada ao processador Snapdragon 855, fabricado em 7nm, o Zenfone 6 consegue ter autonomia de sobra por quase dois dias ininterruptos.

 

Outras características do Zenfone 6 incluem: gama de cores 100% DCI-P3, 600 nits de brilho e câmera frontal de 48MP, graças ao sistema giratório.

Especificações técnicas do Zenfone 6:

  • Tela: 6,4 polegadas Full HD+ IPS LCD
  • Processador: Snapdragon 855 (octa-core de 7nm)
  • Memória RAM: 6 e 8GB
  • Armazenamento interno: 64 / 128 / 256GB
  • Câmeras: 48MP + 13MP
  • Bateria: 5000 mAh com carregamento rápido
  • Preço médio: R$ 2.699 / R$ 3.099

4. ASUS Zenfone Max Pro (M2) (5000 mAh)

Zenfone Max Pro (M2) repete o diferencial do primeiro M1 e traz bateria de 5000 mAh (Foto: Reprodução/ASUS)

Graças ao seu processamento intermediário, é possível mantê-lo fora da tomada por mais de um dia sem problemas. Mas ele também não deixa a desejar no desempenho, já que traz versões com até 128GB de armazenamento interno e 4GB de memória RAM.

Além disso, a tela tem 5,3 polegadas com resolução Full HD+ pode alcançar até 450 nits de brilho, bem como contraste de 1500:1.

Outras configurações incluem: sistema duplo de câmeras com inteligência artificial, interface "pura" do Android e sensor de digitais na traseira.

 

Especificações técnicas do Zenfone Max Pro (M2):

  • Tela: 6,3 polegadas Full HD+ IPS LCD
  • Processador: Snapdragon 660 (octa-core)
  • Memória RAM: 4GB
  • Armazenamento interno: 64 ou 128GB (expansíveis via cartão de memória até 2TB)
  • Câmeras traseiras: 12MP + 5MP
  • Câmera frontal: 13MP
  • Bateria: 5000 mAh com carregamento rápido
  • Preço médio: R$ 1.300 / R$ 1.500

3. Motorola Moto G7 Power (5000 mAh)

O G7 Power é  o celular com melhor bateria da Motorola até o momento no Brasil (Foto: Reprodução/Motorola)

Primeiro e único smartphone da Motorola da lista, o G7 Power, como o nome já diz, tem foco na autonomia de bateria. São 5000 mAh para você ver TV digital, jogar, assistir filmes e séries sem se preocupar com pouca carga.

Grande mérito da boa autonomia é o seu processamento mais básico, já que não consome tanta energia, comparado aos smartphones topos de linha. Mesmo assim, há opções de 3GB/32GB ou 4GB/64GB, que podem dar conta do recado em tarefas mais básicas sem problemas.

Outras configurações que contribuem para uma boa autonomia é a tela HD+ de 6,2 polegadas, assim como a interface "quase pura" da Motorola, que não possui apps desnecessários.

Especificações técnicas do Moto G7 Power:

  • Tela: 6,2 polegadas HD+ IPS LCD
  • Processador: Snapdragon 632 (octa-core)
  • Memória RAM: 3 ou 4GB
  • Armazenamento interno: 32 ou 64GB
  • Câmera traseira: 12MP
  • Câmera frontal: 8MP
  • Bateria: 5000 mAh com tecnologia Turbo Power
  • Preço médio: R$ 899 / R$ 1.199

2. Samsung Galaxy M30 (5000 mAh)

O Galaxy M30 se descata pela bateria de 5000 mAh e design com poucas bordas (Foto: Reprodução/Samsung)

A Samsung também oferece opções mais acessíveis com autonomia generosa. Exemplo disso é o Galaxy M30, intermediário da nova linha da empresa, lançada no ano passado. Seu irmão mais velho, o Galaxy M30s, possui 6000 mAh, mas, infelizmente, ainda não chegou por aqui.

 

O M30 é equipado com um conjunto multimídia interessante: tela Full HD+ de 6,3 polegadas e tecnologia Super AMOLED, além de um alto-falante mono.

Suas configurações também fazem dele uma ótima opções para quem procura um bom modelo para jogos e redes sociais, já que acompanha memória RAM de 4GB e 64GB de armazenamento interno, bem como processador octa-core de 1.8GHz.

Especificações técnicas do Galaxy M30:

  • Tela: 6,3 polegadas Full HD+ Super AMOLED
  • Processador: Exynos 7904 (octa-core até 1.8GHz)
  • Memória RAM: 4GB
  • Armazenamento interno: 64GB
  • Câmeras traseiras: 13MP + 5MP + 5MP
  • Câmera frontal: 16MP
  • Bateria: 5000 mAh com carregamento rápido
  • Preço médio: R$ 900 / R$ 1.050

1. ASUS ROG Phone 2 (6000 mAh)

O ROG Phone 2 é o campeão de autonomia (Foto: Reprodução/DxO Mark)

Sem nenhuma surpresa, o ROG Phone 2 é o grande campeão de autonomia de bateria. Não é para menos: estamos falando de um smartphone com foco exclusivamente nos gamers hardcore, que optam pelas melhores configurações e recursos para não atrapalhar sua jogatina.

Ou seja, os 6000 mAh de bateria são responsáveis por segurar os LEDs na traseira, o processamento ultrarrápido, a tela de 120Hz e os jogos mais pesados da Play Store pelo maior tempo possível.

Uma tarefa e tanto, não é? Para isso, o ROG Phone 2 acompanha um sistema de resfriamento interno para dissipar todo calor produzido pelos componentes, além de uma ventoinha extra para ajudar a mantê-lo "numa fria". O processador Snapdragon 855 Plus também foi produzido inteligentemente para consumir menos energia enquanto roda os jogos.

 

Especificações técnicas do ROG Phone 2:

  • Tela: 6,59 polegadas Full HD+ AMOLED
  • Processador: Snapdragon 855 Plus (octa-core com foco em games)
  • Memória RAM: 12GB
  • Armazenamento interno: 1TB
  • Câmeras traseiras: 48MP + 13MP
  • Câmera frontal: 24MP
  • Bateria: 6000 mAh com carregamento ultrarrápido e reverso
  • Preço médio: R$ 3.999

Menção honrosa: iPhone 11 Pro Max

O iPhone 11 Pro Max é o celular com maior bateria da Apple (Foto: Reprodução/Apple)

Apple sempre foi bastante criticada pela péssima autonomia dos iPhones. Mas, felizmente, com os novos iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max, a empresa ouviu as críticas e melhorou tanto a bateria, quanto o consumo de energia do smartphone.

Embora ainda com números inferiores em relação aos concorrentes, os 3969 mAh conseguem durar o dia inteiro sem nenhum problema, mesmo com sua tela gigante de 6,5 polegadas. Mérito do novo processador A13 Bionic, que oferece mais desempenho sem comprometer o consumo de energia.

Depois de uma série de smartphones topos de linha na lista, a ASUS marca presença na quarta posição com o Zenfone Max Pro (M2). Sucessor do já elogiado Zenfone Max Pro (M1), o smartphone mantém os 5000 mAh de bateria, grande diferencial da linha.

 

 

Fonte: CanalTech

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar