Página Inicial
  • Login
  • Esqueci a Senha
  • Lista de Compras
  • Notícias
  • Humor
  • Cadastro



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PESQUISA MOSTRA QUE MAIS DA METADE DA POPULAÇÃO PAGARIA MAIS CARO PARA USAR 5G

04/11/2019

Na última terça-feira (29) foi publicada a edição de 2019 da Global Mobile Consumer Survey Brasil, uma pesquisa anual sobre os hábitos de consumo de dispositivos móveis no Brasil, que pode ser usada pelas empresas para se adequarem às expectativas de seus clientes e encontrar oportunidades de novos negócios que essas pessoas estejam precisando.

Respondida por dois mil usuários de smartphones do país, uma coisa fica clara: a tecnologia 5G é algo muito importante para eles. 69% dos entrevistados afirmaram que estão dispostos a pagar mais caro pela tecnologia se ela for mesmo pelo menos dez vezes mais rápida do que o atual 4G. 45% consideram migrar para ela a partir do momento em que o novo sistema estiver disponível.

A pesquisa também mostra que os smartphones continuam como o dispositivo eletrônico mais utilizado pelas pessoas: 95% dos que responderam à pesquisa afirmaram que utilizaram o aparelho nas últimas 24h, contra 70% dos participantes que utilizaram um computador desktop nas últimas 24h e 66% que utilizaram um notebook.

A preocupação com a segurança de dados também é algo cada vez mais comum entre os brasileiros, com 70% dos entrevistados afirmando que se preocupam com o armazenamento, compartilhamento e uso de seus dados por empresas. Mas, mesmo assim, essa preocupação parece ser sempre algo que não os impede de acessar um serviço, já que 54% afirmam ter aceitado os termos e condições de uso de um serviço ou aplicativo sem fazer a leitura destes, e apenas 9% afirmaram que só continuam o processo de cadastro depois de lê-los por inteiro.

Esta pesquisa também aponta o fim da separação entre “horário de trabalho” e “horário de lazer”, com 44% dos entrevistados assumindo utilizar o celular para resolver problemas pessoais ou se distrair durante o horário de serviço, enquanto 90% afirmam usar o aparelho para fins profissionais fora do horário de expediente. Isso mostra que, apesar dos aparelhos serem sim uma distração dos trabalhadores durante o horário que deveriam estar trabalhando, ainda há uma abuso bem maior da parte dos patrões, que usam a facilidade de comunicação para fazer com que seus empregados trabalhem mesmo fora do expediente.

Falando em comunicação, o aplicativo mais utilizado pelos usuários para se comunicar continua sendo o WhatsApp: mais de 80% afirmaram checar o app pelo menos uma vez a cada hora, o que mostra bem como as pessoas gostam mesmo de usá-lo para se comunicar.

Efetuada pela Delloite, a Global Mobile Consumer Survey Brasil entrevistou 2000 pessoas, com entre 18 e 55 anos e residentes de todas as regiões do Brasil, por meio de formulários eletrônicos. Para garantir a qualidade dos resultados, foi mantida a relação entre sexos existentes no Brasil, com 52% dos entrevistados se declarando como mulheres e 48% deles como homens (mesma divisão que existe entre homens e mulheres no país segundo o último censo).

 

 

Fonte: CanalTech

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar