Página Inicial
  • Login
  • Esqueci a Senha
  • Lista de Compras
  • Notícias
  • Humor
  • Cadastro



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GALAXY FOLD TRAZ REFORÇO NA ESTRUTURA E REPARO MUITO TRABALHOSO

08/10/2019

Depois de voltar para a Samsung para corrigir problemas estruturais, o Galaxy Fold finalmente pode ser comprado pelo humano do lado de fora da fábrica coreana. O iFixit desmontou o smartphone dobrável e dentro encontrou uma estrutura que ajuda na resistência de todo o conjunto, junto de muita dificuldade para que um técnico trabalhe em qualquer que seja o reparo necessário.
 
galaxy fold desmontado
 
 

A maior mudança está em uma estrutura de metal que reforça a tela e que fica logo abaixo do display. O pessoal do iFixit diz que a estrutura é parecida com uma grade, o que ajuda na hora de manter tudo flexível e ao mesmo tempo resistente. A estrutura segue todo o OLED, que antes ficava desprotegido na parte central e que é onde o Fold dobra.

galaxy fold tela

Reforço na tela em forma de camada extra de metal

Além disso, as dobradiças receberam uma espécie de fita preta que pode ser proteção extra contra sujeira e qualquer coisa que pode entrar no espaço entre tela e corpo do smartphone – o que é ótimo, já que este era um problemão relatado meses atrás.

fita protegendo galaxy fold

Fita impede a entrada de sujeira

Por fim, a tal da película que Samsung não avisou que não poderia ser removida, agora vai quase que até a curva nos limites da tela. Quase impossível de ver uma ponta solta e tentar remover.

Reforço extra, mas complicado de reparar

O lado negativo de tanto cuidado na hora de deixar o Galaxy Fold mais resistente é que o iFixit notou que reparar alguma coisa, o trabalho é pesado. Por mais que todos os parafusos não trabalhem com a exigência de chave especial, e que componentes podem ser removidos de forma modular, a cola utilizada para segurar as partes de vidro faz a remoção quase que uma reza para não trazer nenhum dano.

cola bateria galaxy fold

Bastante cola gruda as baterias

A Samsung colocou bastante fita adesiva nas baterias (são duas, uma com 2.135 mAh e outra com 2.245 mAh), o que fez o iFixit utilizar solvente para não danificar este componente (a fabricante sabe o que acontece com baterias que não recebem cuidados).

O pior ponto, depois destes, é que mesmo com alterações que ajudaram com mais metal do lado de dentro e proteções externas, o iFixit ainda chama o Galaxy Fold de “assustadoramente frágil” e isso vale para a tela principal que vai exibir marcas depois de algumas dobradas, junto do próprio mecanismo das dobradiças.
 
 
Fonte: CanalTech 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar