Página Inicial
  • Login
  • Esqueci a Senha
  • Lista de Compras
  • Notícias
  • Humor
  • Cadastro



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VIZINHOS DA SPACEX NO TEXAS SÃO ALERTADOS SOBRE RISCO DE FOGUETE QUEBRAR AS JANELAS DE SUAS CASAS

26/08/2019

Moradores de Boca Chica Village, Texas, perto de um local de lançamento da SpaceX em Brownsville, receberam um aviso do Escritório de Gerenciamento de Emergências do Condado de Cameron. O comunicado dizia que testes do protótipo Starhopper da empresa em 26 de agosto poderiam quebrar janelas de suas casas, de acordo com o jornal local Brownsville Herald.

O alerta indicava que há atividades de teste de voo programadas a partir das 16h até 16h15 no horário da costa leste (17h a 17h15 no horário de Brasília). Elas trazem “o risco de que um mau funcionamento do veículo da SpaceX durante o voo crie um evento de sobrepressão que pode quebrar as janelas”.

Os oficiais escreveram no aviso que os residentes devem evacuar suas casas naquele momento para não serem atingidos por estilhaços do vidro quebrado: “No mínimo, você deve sair de sua casa ou estrutura e estar fora de qualquer edifício em sua propriedade (…) para evitar ou minimizar o risco de ferimentos”. Uma sirene da polícia alertará os moradores locais de que o teste está prestes a começar, escreveu o Herald.

 

É razoável supor que a pressão adicional referida seria o resultado da explosão do protótipo, gerando força suficiente para danificar edifícios próximos.

Espera-se que o teste na segunda-feira (26) seja o último do Starhopper. Ele é um protótipo do sistema de lançamento do ambicioso projeto Starship da SpaceX.

O Starhopper realizou com sucesso um teste anterior, em julho. Na ocasião, ele subiu 20 metros e aterrissou em segurança, sem precisar ser amarrado ao solo.

Na segunda-feira, a SpaceX espera que o Starhopper seja lançado a 198 metrosantes de retornar à plataforma de lançamento. Se tudo correr bem, o CEO Elon Musk diz que continuará com uma apresentação pública “em meados de setembro”, dando mais detalhes sobre o projeto.

Como observa o Business Insider, estabelecer zonas de segurança em torno de locais de lançamento comercial não é uma prática incomum, mas o fato de a zona de segurança conter residentes (“quase todos eles não por opção”) é muito mais estranha.

Os moradores disseram ao site que não estavam nada felizes com a possibilidade da SpaceX — que já tinha fechado estradas na região durante as datas dos testes — quebrar todas as janelas de suas casas:

Durante os lançamentos anteriores do Starhopper, a estrada foi fechada com um ponto de verificação “rígido” localizado a cerca de 2,4 km a oeste da plataforma de lançamento e um ponto de verificação “flexível” a alguns quilômetros mais adiante.

O aviso de sábado é incomum, e para alguns moradores — a maioria aposentados que moram na área anos ou décadas antes da chegada da SpaceX — representa uma nova e preocupante fase do relacionamento com a empresa, com autoridades locais e estaduais e com agências federais.

Outra situação que envolve o local de lançamento ainda deve estar viva na memória: o teste de julho do Starhopper resultou em um incêndio florestal que acabou queimando 40 hectares de refúgio de vida selvagem na área ao redor.

“Estou muito zangada”, disse a residente local Celia Johnson ao Business Insider. “Sinto como se estivéssemos em uma zona de guerra correndo para fora de nossas casas para que elas não desabassem sobre nossas cabeças. Nossos direitos foram revogados por dinheiro, ganância e política.”

“Estou chocada, nervosa e preocupada com o tipo de dano que poderei sofrer”, disse Cheryl Stevens, dona de uma casa em Boca Chica, ao site. “Também estou confusa quanto ao que fazer no dia. Não sei como me preparar para isso. Planejo telefonar para a FAA [Federal Aviation Administration] na segunda-feira para discutir as violações dos direitos civis, entre outras coisas.”

Bryan Winton, gerente do refúgio de vida selvagem nacional Lower Rio Grande Valley no Serviço de Vida Selvagem e Peixes dos EUA, disse ao Business Insider que a SpaceX instituiu políticas melhores de prevenção de incêndios após o incidente em julho. Isso inclui a coordenação com agências locais, a instalação de mais canhões de água no local de lançamento e realização de queimaduras controladas.

No entanto, a SpaceX planeja lançar foguetes ainda maiores a partir do local no futuro. Um deles é um protótipo da Starship MK1 que usa três motores Raptor — a Starhopper depende de apenas um. Algumas matérias indicaram que a SpaceX pode “canibalizar” o Starhopper para aproveitar suas peças na pressa de construir o protótipo MK1.
 
 
Fonte: Gizmodo 
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar