Página Inicial
  • Lista de Compras
  • Humor


twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PATENTE DA AMD DESCREVE SOLUÇÃO HÍBRIDA DE RAY TRACING EM TEMPO REAL

7/1/2019

 
 
AMD está preparando uma solução híbrida de ray tracing em tempo real para rivalizar com a geração Turing da Nvidia, ou ao menos é isso que sugere uma patente que foi registrada pela fabricante em 2017 — e descoberta recentemente pelo site Tom´s Hardware. A técnica utiliza uma mistura de núcleos dedicados para o cálculo da direção dos raios de luz na cena (como faz a Nvidia) com o uso de software para reaproveitar os núcleos de shading tradicionais para ray tracing.Os cientistas da AMD defendem que essa abordagem permite evitar as limitações da técnica utilizada pela Nvidia em suas placas de vídeo. Isso porque GPUs como a GeForce RTX 2080 ou a GeForce RTX 2070 sofrem com uma falta de flexibilidade de programação, com uma parte considerável de seus dies servindo a apenas um tipo muito específico de aplicação prática.

Fonte: U.S. Patent and Trademark Office (USPTO)

Já o motivo para não usar uma solução puramente baseada em software é bastante óbvio, basta ver uma GeForce GTX 1060 tentando rodar qualquer título com ray tracing habilitado para entender isso. Para ser mais técnico, o documento da AMD explica que soluções baseadas em software são muito intensivas e é difícil de escalar seu desempenho sem comprometer uma área significativa do die da placa de vídeo.

 

Além disso, o ray tracing através de software resulta numa redução de desempenho considerável em comparação com soluções baseadas em hardware. Para uma GPU tradicional rodar um game com ray tracing em níveis de performance aceitáveis, seria necessário reduzir tanto a qualidade gráfica que ele provavelmente ficaria menos realista do que o mesmo título com os gráficos no máximo, mas sem ray tracing.

A solução então seria a técnica híbrida proposta na patente da AMD, que utiliza uma mistura de hardware dedica especificamente para ray tracing com as unidades de shader já existentes, numa busca de obter o melhor de dois mundos. A questão é que, por se tratar de uma patente mais antiga, não se sabe se a AMD ainda trabalha com esse método para a sua primeira geração de GPUs com ray tracing em tempo real. Caso ainda seja o método de escolha deles, é provável que acabemos vendo a técnica implementada nos consoles de próxima geração, Microsoft Project Scarlett e Sony PlayStation 5.
 
 
Fonte: Adrenaline 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar