Página Inicial
  • Lista de Compras
  • Humor


twitter

Facebook

  Notícia
|

 

COMO DESCOBRIR MÚSICAS NOVAS NO SPOTIFY SEM PERDER TEMPO

4/1/2019

Spotify tem o hábito de preparar diversas playlists para incentivar o usuário a descobrir novas músicas. Entre as mais populares, estão a Radar de Novidades, Daily Mix e Descobertas da Semana, mas a verdade é que poucas pessoas têm tempo (e disposição) para acompanhá-las regularmente.

Agora, um novo projeto independente oferece um truque para que usuários possam explorar milhões e milhões de músicas mais rapidamente — o chamado Discover Quickly foi criado por desenvolvedores do próprio Spotify.

O programa apresenta a playlist Discover Weekly em formato de grade, facilitando a visualização dos álbuns. Assim que o usuário passa o mouse em cima de um deles, uma parte da música é reproduzida. Clique no álbum para escutar a faixa completa — a ação também faz com que a música fique salva em uma playlist que poderá ser exportada para o aplicativo do Spotify.

A dinâmica permite que a "curadoria" de músicas novas possa ser finalizada em minutos, uma vez que o usuário deixa de escutar a faixa completa.

E o Discover Quickly não funciona apenas com a playlist disponibilizada pela própria plataforma, pois os usuários podem selecionar listas da sua conta do Spotify e utilizar o método. Ao clicar nas faixas, a plataforma também disponibiliza o acesso aos demais álbuns daquele artista e faixas relacionadas.

"Há muito pouco no Discover Quickly que você não possa fazer no seu aplicativo Spotify comum, mas escolhemos destacar a atividade de percorrer por músicas rapidamente e visualmente", comentou a designer do Spotify, Aliza Aufrichtig, ao Gizmodo. “Uma das maiores adições da nossa versão original é a capacidade de começar sua exploração em vários lugares diferentes", completa.

O Discover Quickly foi criado por Aliza em parceria com Edward Lee durante o Hack Week, um evento anual do Spotify. Ela conta que a ideia surgiu após perceber a dificuldade em navegar por muitas faixas de música. Na época, Aliza queria conhecer mais sobre a música japonesa, e decidiu utilizar o Spotify Web API para criar clipes de 30 segundos de mais de 1.000 álbuns. A partir daí, ela percebeu o quão fluido poderia ser pairar sobre uma imagem e ouvir a música.

"Eu mostrei para Edward", Aufrichtig disse, "e ele estava tipo, ´Uau, legal, mas e se você pudesse procurar por músicas infinitamente, como quando você se perde na Wikipedia? Por exemplo, você vê um artista relacionado com aquela faixa, clica nele e explora mais fundo´", conta.

Neste caso, a analogia com a Wikipedia cai bem. Na prática, o Discover Quickly consegue envolver e guiar os usuários para gêneros desconhecidos (como “shimmer psych” ou “acid techno”), que estão de alguma forma conectados às músicas que ele gosta.
 
Fonte: CanalTech 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar