Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MICHAEL DELL: 5G VAI MUDAR A FORMA DE FAZER E DE USAR A TECNOLOGIA

01/05/2018

O Chairman e CEO da Dell Technologies, Michael Dell, ao abrir o Dell Technologies World 2018, em Las Vegas, nesta segunda-feira, 30/04, foi taxativo ao afirmar que a tecnologia não é mais apenas o suporte de uma companhia. Ela é, segundo ele, a razão de um negócio se tornar estratégico. Reforçou que a competição, hoje, está mais no software, nos dados e na capacidade de saber analisa-los de forma efetiva, mas isso não será possível sem a presença do hardware e da infraestrutura.

Michael Dell observou ainda que, em 2020, serão produzidos 220 Petabytes de dados por dia e não há como analisar essas informações sem possuir uma infraestrutura de TI. "Teremos um novo modelo de computação diferente que conhecemos. Já centralizamos, já descentralizamos, agora estamos centralizando de novo. Acredito num conjunto de ações dos modelos que já usamos. A TI terá a obrigação de adicionar inteligência ao negócio", preconizou.

O CEO da Dell também falou sobre o impacto do 5G, da Internet das Coisas e da computação em nuvem no mercado de TICs.  "São tecnologias absolutamente disruptivas e que vão e estão fazendo estratégias mudarem ou serem criadas", reforçou.

Em coletiva de imprensa para cerca de 300 jornalistas de todo o mundo presentes ao Dell Technologies World 2018, ao responder uma pergunta sobre o impacto do 5G feita pelo portal Convergência Digital, Michael Dell brincou. "Certamente não será para falar mais rápido ao telefone".

Para o chairman e CEO da Dell Technologies, o 5G vai mudar a forma de fazer e de usar a tecnologia. Vai também mudar o negócio das operadoras. "Há muitas operadoras no mercado e não enxergo que todas terão dinheiro para investir tão rápido em 5G. Custa muito dinheiro. Posso dizer que 5G vai exigir muita infraestrutura. E somos uma empresa de infraestrutura", completou.
 
 
 
 
Fonte: Convergencia Digital 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar