Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SAMSUNG APRESENTA O NOVO GALAXY S9 COM MESMO JEITÃO DO S8 E CÂMERA BEM ESPERTA

26/02/2018

A Samsung inaugurou a MWC 2018 ( que oficialmente começa amanhã) e finalmente mostrou a cara e o que esperar dos novos smartphones topo de linha Galaxy S9 e Galaxy S9+ — e já sabíamos de muito do que foi mostrado.

Fisicamente, ele não mudou tanto em relação ao S8 (quase nada, na verdade), mas a companhia guardou boas surpresas para os componentes e o software do aparelho, incluindo uma nova câmera com lente dupla, tecnologias que drasticamente melhoram fotos com pouca luz, efeitos de profundidade de campo e o reposicionamento do leitor de impressão digital.

• Tudo sobre a MWC 2018

Entretanto, algumas das melhores novidades estarão presentes apenas na versão maior do aparelho, o Galaxy S9+. Essa é a primeira vez que a companhia passa a oferecer diferenças bem distintas, que vão além de apenas o tamanho da tela, entre um modelo e outro.

Design

A princípio, fisicamente, o design do Galaxy S9 e S9+ continua o mesmo que seu predecessor, o Galaxy S8 e S8+. Desde sua tela curvada com cantos arredondados, até o posicionamento dos sensores e câmera frontal.

É na traseira do aparelho, entretanto, que as novidades (e diferenças) começam a surgir: as câmeras e o sensor de impressão digital receberam um novo posicionamento — e, não, a leitura de digitais ainda não é feito diretamente na tela, infelizmente.

Agora, as câmeras são verticalmente posicionadas e o leitor de digitais fica logo abaixo delas, muito mais próximo do centro do aparelho – consumidores reclamavam da posição do sensor no S8. anterior. A Samsung diz ter levado o feedback em consideração e o novo posicionamento do leitor de digitais deve ser muito mais confortável dessa vez.

Todo o restante do aparelho é igual ao S8: a faixa de alumínio escovado ao redor dos painéis dianteiro e traseiro e o botão dedicado para a assistente digital Bixby à esquerda.
 

Especificações

As diferenças internas passam a ser mais distintas a partir destes novos modelos. Até então, a o que mudava entre os Galaxy S e S+ era majoritariamente o tamanho da tela – o S8+ também contava com uma bateria um pouco melhor que a do S8.

Agora, o S9+ traz um modelo mais potente, marcando a primeira vez que a companhia oferece um modelo maior e mais capaz que sua versão pequena. Algo já feito há algum tempo pela Apple, que oferece câmera dupla para os iPhones Plus, mas não em seus modelos normais.

S9

O Galaxy S9, apesar de muito potente, ainda é uma versão inferior. Ele é equipado com um processador Snapdragon 845 – o primeiro aparelho a carregar este chip. A memória e capacidade de armazenamento do aparelho permanece a mesma que a do S8: 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento. A tela do aparelho continua a ser a “Infinity Display”, com 5,8 polegadas e resolução de 2960 x 1440 pixels. A bateria também é a mesma do modelo anterior, de 3,000mAh.

S9+

O Galaxy S9+, por sua vez, vem com 6 GB de RAM e 128 Gb de armazenamento. A tela do aparelho permanece com 6,2 polegadas e a mesma resolução de 2960 x 1440 pixels, e, assim como a versão menor, a bateria ainda é a mesma que a versão anterior, de 3,500mAh.

Diferente da Apple, no entanto, a Samsung manterá o plug de fone de ouvido padrão de 3.5mm – uma boa notícia para quem não quer investir em fones Bluetooth ou USB-C. Ambos os modelos também contam com IP68 de resistência à água e poeira e possuem carregamento rápido por cabo ou sem fio.

Câmera

As lentes do S9 e S9+ continuam a ter 12 megapixels, mas, assim como o tamanho da tela e os componentes internos, os aparelhos também terão suas diferenças neste setor: o S9 virá com uma câmera de lente única, enquanto o S9+ conta com uma câmera de lente dupla.

Informações e imagens sobre as diferentes câmeras começaram a circular no final de janeiro.

Apesar das diferenças, ambos os modelos serão os primeiros celulares da Samsung a possuírem lentes cuja abertura pode ser mecanicamente controlada — dependendo das condições de luz, a abertura pode chegar a até f/1.5. Isso equivale a uma lente 28% mais clara que a f/1.7 do Galaxy S8. Além disso, o S9 também conta com a abertura f/2.4, que previne imagens em sobrexposição.

O aplicativo da câmera pode mudar as aberturas conforme necessário (automaticamente), ou o usuário pode controlá-las mecanicamente usando o modo pro do app.

Os sensores das câmeras também contam com tecnologias de autofoco de segunda geração, quer permitem um foco mais rápido e confiável, redução de ruído de até 30% em condições de baixa iluminação e a possibilidade de gravar vídeos em câmera lenta de 960 fps (em resoluçãp 720p).

A segunda lente do S9+ não possui a função de abertura mecânica, mas funciona de maneira semelhante ao sistema do Note 8. Sua lente de f/2.4 permite uma aproximação muito maior e efeitos de profundidade de campo.

A câmera frontal é igual nos dois modelos e a mesma presente do S8 e S8+: 8 megapixels e abertura f1.7 com autofoco.

AR

As câmeras do Samsung S9 também podem te transformar em um emoji único – a novidade é uma resposta para o Animoji da Apple, mas funciona de uma maneira um pouco diferente.

Em vez de simular os movimentos do seu rosto em um boneco ou emoji, o AR Emoji, como ele é chamado, captura uma imagem de cem pontos do seu rosto e a transformam em um personagem 3D parecido com você.

Disso, 18 adesivos com o seu rosto virtual são criados e podem ser acessados diretamente do teclado do celular. É possível ainda customizar o seu personagem digital com diferentes penteados, óculos, roupas e acessórios.

Todo o resto

Os alto falantes do Samsung S9 e S9+ não são tão diferentes do modelo anterior. Entretanto, cada aparelho conta com um alto falante em cada extremidade, tornando o som muito mais alto — a Samsung afirma que eles produzem som estéreo e são 40% mais altos que o S8.

Os aparelho também são protegidos pelo Knox 3.1, a plataforma de segurança e defesa da Samsung. Eles também contam com três diferentes opção de autenticação por biometria: leitura de íris, impressão digital ou reconhecimento facial e os dispositivos contam com uma tecnologia de verificação que une leitura de íris e reconhecimento facial para desbloquear o aparelho.

O Samsung S9 e S9+ funcionam com o mesmo Gear VR do Note 8 e com o headset Daydream View do Google.

A Samsung promete uma nova Dex Station ainda para este ano, ela manterá o mantém o celular na horizontal, podendo utilizá-lo como um touchpad.

Os aparelhos no entanto, também funcionam com o Dex Station lançado no ano passado, que permite utilizar o aparelho como um computador completo com monitor, teclado e mouse. O S9 pode ser utilizado com monitores externos de resolução até 2K e a companhia afirmam que cerca de 40 parceiros já estão produzindo aplicações otimizadas para a estação – uma delas sendo Final Fantasy XV.

Preço e disponibilidade

O Galaxy S9 e S9+ chega ao mercado americano em 16 de março. Os modelos desbloqueados custam US$ 740 e US$ 840, respectivamente. Eles estarão disponíveis nas cores preta,azul coral e ultravioleta — a cor cinza titânio estará disponível em alguns mercados internacionais.

Valores e disponibilidade do aparelho para o Brasil ainda não foram divulgados. Mas, tendo como base o Galaxy S8 e S8+ (inicialmente vendidos por R$ 3.999 e R$ 4.399, respectivamente), o Note 8 (R$ 4.399) e o iPhone X (R$ 6.999), pode apostar que o S9 e S9+ não serão nada baratos por aqui.
 
 
Fonte: Gizm

odo 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar