Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

AMD APRESENTA PRIMEIRA GERAÇÃO DE APUS ZEN PARA DESKTOPS E NOVO COOLER RGB WRAITH PRISM

08/01/2018

Além do anúncio da atualização da microarquitetura Zen, a Zen+, a AMD apresentou novos modelos de processadores em seu evento pré-CES. A empresa enfim anunciou seus modelos de APUs para desktops, processadores com arquitetura Zen equipados com gráficos integrados Vega, e também os primeiros modelos de CPUs Ryzen 3 para notebooks.

A empresa irá inserir os modelos com gráficos integrados com opção de entrada em cadasegmento, sendo que uma APU Ryzen 3 serão as mais baratas entre os modelos Ryzen 3, por exemplo. No primeiro trimestre chegam dois modelos: o Ryzen 5 2400G com 4 núcleos, 8 threads e equipado com 11 Unidades Computacionais Vega e com preço de 169 dólares, e o Ryzen 3 2200G com 4 núcleos, 8 threads  e com 8 CUs Vega. Seu custo será de 99 dólares, tornado esse modelo um forte concorrente do Core i3-8100, que custa aproximadamente 117 dólares.

Na demonstração para a imprensa foi exibido o Ryzen 3 2400G  rodando Battlefield 1 na resolução FullHD com uma performance que pareceu convincente (não havia nenhum software exibindo a taxa de quadros em que o jogo rodava, nem a configuração gráfica em uso, para termos uma noção mais clara).

No teste do 3D Mark Game Spy, de acordo com a AMD, o desempenho do Ryzen 5 2300U é comparável com o alcançado com a combinação GeForce GT 1030 e um Intel Core i5-8400, que custam 89 e 199 dólares, respectivamente. Em consumo de energia também haveria uma vantagem ao Ryzen, já que a APU tem TDP de 65W versus os 30W + 65W da combinação gráfico dedicado Nvidia e processador Intel.

 

De acordo com a AMD essas APUs em desktop tem alto potencial de ganho de desempenho através de overclock e de uso de memórias com frequências mais altas. Como não é novidade para quem acompanha o Adrena, memórias mais rápidas tem alto impacto na performance de iGPUs, e com as APUs Ryzen o ganho de desempenho chega a 14% ao trocar um kit operando a 2400MHz por um a 3200MHz. Overclockando o chip gráfico de 1475MHz para 1650MHz (e somado ao uso das memórias mais rápidas) o ganho de desempenho chega a casa dos 39%. A empresa afirmou que esse overclock foi possível usando o cooler a ar Wraith.

Falando no cooler da empresa, outra novidade nos PCs foi a chegada de mais um modelo de coolers da própria AMD. O Wraith Prism tem características semelhantes ao cooler Wraith, porém traz o suporte a customização das cores dos LEDs e será compatível com diversos sistemas de configuração de cores.


 
 
 
Fonte: Adrenaline 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar