Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

O QUE ESPERAR DA CES 2018, A MAIOR FEIRA DE GADGETS DO MUNDO

08/01/2018

Em pouco dias, mais de 175 mil profissionais da indústria, expositores e membros da mídia vão mais uma vez se aglomerar em Las Vegas na tentativa de definir o ritmo das tecnologias pelos próximos 12 meses. Algumas das maiores e mais influentes companhias como Samsung, LG, Ford e outras marcarão presença na CES 2018 (Consumer Electronics Show), mas, além disso, Vegas temporariamente será a casa de mais startups que qualquer lugar do planeta, todas lutando pelo tipo de atenção que pode fazer seus esforços acontecer (ou não).

Os lançamentos passados incluem de tudo um pouco, desde bombas elétricas que extraem leite materno a headsets de realidade virtual, enquanto alguns lançamentos muito famosos ainda tentam cumprir suas promessas.

Aqui no Gizmodo, temos acompanhado tudo o que podemos, e apesar de não podermos identificar cada lançamento de sucesso antes da fama, temos mais que o suficiente para destacar um número de importantes tendências que definirão a CES 2018, que ocorre entre 9 e 12 de janeiro. Abaixo selecionamos o que esperar da feira:

Smarthome – tudo está ficando mais inteligente

A Samsung já colocou uma câmera dentro da geladeira, o que ela fará agora? (Créditos: Samsung)

Ano passado, um dos notórios vencedores da CES foi a Amazon, o que foi algo muito impressionante, especialmente quando se considera que o mercado online não teve presença oficial ou até mesmo um estande na feira. O que deu o prêmio para a Amazon foi a Alexa, que está presente nas mais diversas companhias, como BMW e Mattel, e elas se enfileiraram para mostrar seus novos produtos que faziam uso da assistente digital.

Para 2018, é bastante claro que a mesma tendência vai apenas crescer, especialmente agora que o Google teve um ano completo para melhorar seus novos dispositivos com inteligência artificial. Mas não são apenas alto-falantes e assistentes digitais que estão ficando mais inteligentes. Estou falando de tudo desde tupperwares inteligentes a óculos de sol robóticos e muito mais.

TVs – 8K e além

Créditos: LG

Mesmo com todas as maluquices que inevitavelmente aparecem na feira, um dos grandes pilares da CES continua sendo os televisores. Como sempre, companhias irão mostrar seus novos catálogos de TV que te deixarão babando em janeiro, mas você terá que esperar até a Black Friday para de fato poder comprá-las. Inclusive, a LG já queimou a largada mostrando seu novo televisor de 88 polegadas e resolução 8K há apenas alguns dias, ela é a maior tela OLED que a LG já fez. E ela dificilmente será a única companhia a tentar nos deslumbrar com cores vibrantes e toneladas de pixels. Nos últimos anos, empresas como a Sharp e Samsung têm mostrado os próprios protótipos de 8K.

Carros – cada vez mais próximos do sonho da direção autônoma

Parece misterioso, não parece? (Imagem: Byton)

A atual missão para os carros é bem clara: toda companhia está firmemente trabalhando para tornar veículos autônomos uma realidade. Dito isso, pode ser que este seja um ano lento para a categoria na CES, já que muitas das montadoras vão segurar seus anúncios para a Detroit Auto Show, também conhecido como North American International Auto Show, que começa apenas algumas semanas depois do fim da CES, em 14 de janeiro. Mas é provável que ainda teremos novas e interessantes novidades na feira, como um drone pessoal, um Lidar [tecnologia de detecção de objetos usada em veículos autônomo] melhorado, tecnologias de visão da máquina e mais lambretas, motos e um hilariante módulo de transporte individual. Devemos até mesmo ver o lançamento de uma nova marca de carros chamada Byton, que pode se tornar mais uma competidora para a Tesla.

Wearables – um grande avanço em monitoração de saúde

O Willow Pump, uma das bombas de leite materno, foi um dos grandes vencedores da edição passada da CES. (Créditos: Willow)

Apesar de smartwatches não terem vingado como os futuristas apostavam, os wearables estão começando a encontrar seu nicho em dispositivos que podem monitorar dados de saúde e exercícios de maneiras que ninguém nunca pensou antes. Estamos falando muito além do monitoramento de batimentos cardíacos e contagem de passos, pense em etiquetas de saúde que podem desaparecer em diversas peças de roupa, novos dispositivos que podem monitorar quão saudável é o seu cabelo, ou até uma modificação para celulares que pode medir a sua pressão arterial, SP02 (saturação de oxigênio no sangue) e muito mais. E isso tudo é antes mesmo de você pensar nos vários dispositivos que monitoram o sono. Nem todos serão bons, mas isso não impedirá as companhias de tentarem.

Todo o resto

Se tudo isso não for o bastante para você, ainda existem outras coisas como a ascensão do carregamento sem fios, coisas estranhas como o LinkSquare, que escaneia alimentos para verificar se eles são seguros o bastante para consumo, ou o renascimento de marcas como a fabricante de periféricos Madcatz. E também novidades das gigantes como IBM, Intel e Qualcomm, que mostrarão coisas como computadores quânticos, novos CPUs e como talvez teremos conexão 5G em algum momento dos próximos cinco anos.

 
 
 
Fonte: Gizmodo 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar