Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SNAPCHAT TENTA ABAFAR MAUS RESULTADOS REVELANDO ANTIGO INVESTIMENTO DE GIGANTE CHINESA

09/11/2017

Snap Inc, a dona do app Snapchat, revelou nesta quarta (8) que a Tencent Holdings Ltd, a empresa chinesa de tecnologia dona do maior portal de serviços online na China, é proprietária de 12% do Snap.

A Snap abriu sua oferta pública inicial (IPO) em março deste ano e a Tencent Holdings Ltd adquiriu cerca de 146 milhões de ações da empresa deste então. É a segunda vez que a Tecent investe na Snap. Em 2013 a companhia chinesa investiu no Snapchat, quando o app arrecada recursos, por meio de uma empresa afiliada.

A empresa, no entanto, adquiriu ações comuns que não permitem voto na mesa diretora – 95% destas ações estão nas mãos dos fundadores da empresa.

“Enquanto tais notícias podem ser inicialmente recebidas de forma positiva pelo mercado, é preciso lembrar que a Tencent adquiriu ações da Snap que não permitem voto, o que torna uma possível aquisição da Snap pela Tencent menos provável”, disse a Reuters Ali Mogharabi, um analista da Morningstar.

Mogharabi diz também que uma parceria entre as empresas poderia ajudar a expandir a Snap para a China, mas o baixo crescimento de usuários e a constante competição com os apps do Facebook permanecem. Atualmente, assim como outros aplicativos estrangeiros, o Snapchat é bloqueado na China.

De acordo com informações da Reuters, a companhia adquiriu ações de diversas companhias nos últimos anos, como ações da Tesla, fabricante de carros elétricos, e da Lyft, companhia de carona compartilhada e rival do Uber.

Período ruim

O anúncio surge após a Snap divulgar o resultado ruim do último trimestre. O número de usuários ativos permaneceu em 178 milhões no terceiro trimestre, abaixo da expectativa de 181 milhões. Além disso, segundo informações da Istoé Dinheiro, a empresa perdeu mais de US$ 443 milhões entre julho e setembro, valor três vezes maior que o mesmo período do ano passado.

O primeiro hardware da empresa, os Spectables, óculos de sol que gravam vídeos em primeira pessoa, também não superou as expectativas da companhia. A Snap se aproveitou do sucesso inicial dos óculos e encomendou mais peças do que precisava, estando agora com centenas de milhares de Spectacles parados em armazéns chineses.

Evan Spiegel, CEO da Snap, divulgou nesta quarta que o visual do Snapchat passará em breve por uma remodelagem – a empresa sabe que ele é difícil de usar. O que pode ser uma boa maneira de atrair um público mais velho, mas ao mesmo tempo pode ser uma maneira de irritar o público mais jovem que é fiel ao aplicativo. De qualquer maneira, a Snap precisa começar a tirar cartas da manga caso queira se manter relevante no mercado.
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar