Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BRASIL ESTÁ NA 78ª POSIÇÃO EM TERMOS DE VELOCIDADE DE INTERNET MÓVEL

18/09/2017

A Ookla publicou seu índice de global de velocidade de internet e os resultados não são nada bons para o Brasil: o país ocupa a 78ª posição em termos de velocidade de internet móvel, com uma média de apenas 14.89 Mbps.

O levantamento agrega dados compilados pela empresa a partir do uso de sua ferramenta de aferição de velocidade, a Speedtest, e passarão ser oferecidos publicamente todos os meses.

O primeiro relatório global é relativo à média dos últimos doze meses e também compara os resultados em relação aos doze meses anteriores. O Brasil não apenas ocupa uma posição bem baixa na tabela disponível online como também sofreu uma queda de duas posições quando comparado com o período passado. Em termos de velocidade de internet fixa, o país apresentou resultados ligeiramente melhores: está em 73º lugar e caiu apenas uma posição em relação ao ano anterior, apresentando uma velocidade média de 17.01 Mbps.

Mas quais países lideram o ranking de velocidade de internet de acordo com a pesquisa da Ookla? Quem apostou em Estados Unidos ou Japão irá se surpreender: os dois países ocupam respectivamente a 44ª e a 58ª posição na lista, em termos de conexão móvel. O campeão de velocidade é a Noruega, com uma média de 55.72 Mbps na internet móvel, seguido por Holanda, Hungria, Singapura e Malta. Em termos de velocidade de internet fixa, a liderança coube à Singapura com uma impressionante média de 156.25 Mbps.

“Nós esperamos que vocês vejam o Speedtest Global Index como um recurso contínuo de dados da performance da internet global”, afirmou a empresa em seu comunicado oficial. “Pegue esses dados e utilize-os para contar histórias que ajudem a tornar mais rápida a internet em seu país natal e ao redor do mundo”, sugere a Ookla. “Nós iremos atualizar o Speedtest Global Index com dados baseados no mês anterior no início de cada mês, de forma que vocês tenham estatísticas atuais e um olhar antecipado sobre novos desenvolvimentos”.
 
 
 
 
Fonte: Codigo Fonte

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar