Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PARA CLARO, UM TERÇO DO MERCADO CELULAR DO BRASIL VAI DESAPARECER

01/09/2017

Nos últimos dois anos, as operadoras celular no Brasil já viram sumir mais de 50 milhões de chips pré-pagos do mercado. Esse movimento, porém, está longe de terminar, acredita o presidente da Claro móvel, Paulo Cesar Teixeira. E quase o dobro disso ainda deverá também desaparecer. 

“O tamanho real do mercado brasileiro é um terço menor do que está aí. Então se a Anatel ainda nos mostra que temos cerca de 240 milhões de acessos, acho que vão sobrar uns 160 milhões, algo nessa ordem de grandeza”, afirmou o executivo nesta quinta, 31/8, depois de inaugurar uma nova loja em Brasília. 

Segundo ele, a Claro antecipou-se para sair desse ajuste melhor que as concorrentes. “Nós acabamos com o ‘efeito clube’ lançando planos de ligações ilimitadas para qualquer operadora. Temos a internet móvel mais rápida do país e estamos ganhando na portabilidade”, enumerou. 

A agressividade das ofertas estaria sendo recompensada na captura de clientes que estão em outras empresas. “Desde que lançamentos os planos ilimitados [de voz] nossa razão de portabilidade se multiplicou em cinco vezes”, disse a diretora regional da Claro no Centro-Oeste, Soraia Tupinambá. A empresa está, inclusive, lançando uma nova promoção, especialmente desenhada para conquistar adeptos junto aos adversários. 

“Vamos lançar amanha [1º/9] em Brasília uma oferta exclusiva, que vale por um mês, que prevê um plano de 5GB com ligações ilimitadas e whatsapp à vontade por R$ 49,99 por seis meses [o plano normal custa R$ 99,99]. Essa diferença é para cobrir as multas de rescisão de contratos de fidelidade com a concorrência”, emendou a diretora regional. 

O presidente da operadora admite que está em uma guerra de preços que mira superar a Tim e partir para cima da Vivo, calcado na confiança de que com a voz como commodity e sem o ‘clube’ alimentado pelas tarifas de interconexão, os consumidores vão escolher a operadora que tenha a melhor internet móvel. 

“Só neste ano 9 mil sites estão sendo modernizados, isso significa trocar 50% [das ERBs]. Aqui em Brasília já temos 55% com 4,5G. E os indicadores mostram que temos desempenho muito superior. A OpenSignal calcula que a velocidade média da Claro no Brasil é 36 Mbps, muito a frente do segundo lugar, com 20 Mbps”, disse Teixeira. 
 
 
 
Fonte: Convergencia digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar