Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PROCESSO PARA LIBERAR DOMÍNIOS ´.BR´ MUDA E 10 MIL ENDEREÇOS PODEM VOLTAR À ATIVA

30/08/2017

 

O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) determinou alterações para o processo de liberação de domínios ".br", que são reservados para entidades ligadas ao Brasil. Isso vai possibilitar que mais de 10 mil domínios como agua.com.br e carro.com.br voltem à ativa.

Para permitir isso, foi criada uma nova fase para o processo de liberação, chamada de "processo competitivo". Nela, os interessados por domínios muito concorridos poderão fazer ofertas até que um deles se torne o titular do endereço.

Até então, domínios inativos muito desejados acabavam sendo reservados indefinidamente após 6 tentativas não resolvidas de compra.

Esses endereços são aqueles que foram registrados por alguém no passado, mas acabaram sendo removidos por uma solicitação de cancelamento ou por não renovação do titular anterior — inclusive por causa de irregularidades.

"Com a adição das novas regras, o NIC.br acredita que agregará ainda maior relevância ao .br, devolvendo ao uso nomes de domínios para serem utilizados em ideias interessantes pela comunidade, por startups ou ainda por outras organizações. E ao reduzir o intervalo entre processos de liberação, um domínio removido terá um tempo menor para que possa ser atribuído a um novo titular, que dê a ele um propósito criativo", analisa Demi Getschko, diretor presidente do NIC.br.

O primeiro processo de liberação no novo sistema começará no dia 13 de setembro. Os endereços disponíveis serão publicados no site Registro.br. Nessa primeira lista, cerca de 500 domínios poderão entrar no "processo competitivo".

A partir de então, os processos de liberação vai acontecer todos os meses. Antes, eram apenas 3 vezes por ano. A proposta do NIC.br é de que os novos procedimentos comecem na 2ª quarta-feira de cada mês, terminando na quarta-feira da semana seguinte.

Para mais informações sobre as novidades, confira a Resolução CGI.br/RES/2017/031. Para entender as regras, clique aqui.

 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar