Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CHINA FECHA QUATRO ESTUDANTES EM UM LABORATÓRIO PARA VER SE VAMOS ENLOUQUECER NO ESPAÇO

11/07/2017

china-estudantes
 
 

No domingo (9), quatro voluntários chineses foram fechados em um laboratório de 524 m², onde devem ficar pelo próximos seis meses e meio. O experimento é um dos mais recentes passos do plano da China para colocar astronautas na Lua até 2036.

O laboratório, conhecido como Yuegong-1, ou Palácio Lunar, tem duas áreas de cultivação de plantas e um espaço de convívio, que contém quatro camas, um banheiro, uma instalação de tratamento de resíduos e um cômodo para criar animais, de acordo com os noticiários estatais chineses. O ecossistema autossustentável busca imitar as condições de habitação de uma estação espacial lunar.

Os voluntários são estudantes de Beihang, universidade líder no país em aeronáutica e astronáutica. Eles estão substituindo voluntários que acabaram de completar um período de 60 dias no laboratório. Uma das participantes desse estudo, Liu Hui contou à Reuters que, às vezes, ela “se sentia um pouco para baixo” no fim do dia.

Os voluntários mais recentes do Palácio Lunar darão aos pesquisadores uma compreensão melhor do impacto emocional de viver meio ano em um pequeno espaço sem luz solar. “Fizemos esse experimento com animais… então, queremos saber quanto impacto ele terá em pessoas”, Liu Hong, professor em Beihang e líder do Yuegong-1, contou à Reuters. “Se você passa um longo tempo nesse tipo de ambiente, isso pode criar alguns problemas psicológicos.”

O projeto também vai permitir aos pesquisadores testar o quão bem seu sistema de suporte de vida biorregenerativo funciona em um pequeno vácuo.

Esse estudo é apenas um dos mais recentes esforços do agressivo programa espacial da China. Em 2013, o país se tornou o terceiro no mundo, depois de Estados Unidos e Rússia, a colocar uma espaçonave na Lua, e o governo tem como objetivo pousar uma sonda no lado escuro da Lua até o próximo ano. O país lançou dois protótipos de estações espaciais e planos de lançar um grande estação que iria rivalizar com a Estação Espacial Internacional em algum momento dos próximos anos. O governo chinês alega que suas ambições espaciais são pacíficas por natureza, mas, em 2011, o Congresso dos Estados Unidos proibiu a NASA de colaborar com o programa espacial chinês, por receio de que a relação poderia ameaçar a segurança nacional.

Ao fim do experimento de 200 dias, outro grupo de voluntários deve ir para o laboratório por 105 dias, presumindo que a tripulação atual não enlouqueça e viva, na vida real, uma ficção científica de terror ou um filme do Pauly Shore.

 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar