Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ELON MUSK QUER FOGUETES COMPLETAMENTE REUTILIZÁVEIS, MAS ISSO NÃO SERÁ FÁCIL

18/04/2017

Em 30 de março, a SpaceX fez história quando foi a primeira empresa a lançar e pousar um foguete renovado em espaço orbital. Sério, isso é importante demais. Mas Elon Musk e companhia não querem parar por aí. De acordo com o Twitter de Musk, a SpaceX quer lançar um estágio superior reutilizado até o final no ano que vem para conseguir “100%” de reutilização. É isso mesmo, Musk não quer apenas usar o primeiro estágio do foguete, que estima-se economizar o custo de lançamento em até 30%. Ele quer reusar o foguete inteiro.

Algumas perguntas importantes permanecem. Com o que parece um foguete 100% reutilizável? E isso pode ser conquistado em um tempo tão curto?

Phil Larson, ex-consultor de políticas espaciais do presidente Obama e oficial da SpaceX, está bem confiante de que a empresa consiga essa proeza. “É um conceito interessante”, ele disse ao Gizmodo. “Como nós todos vimos, eles podem transformar o impossível em possível. Então, recuperar e reutilizar 100% do equipamento é definitivamente possível, mas, assim como pousar foguetes em outras naves, vai ser um problema de engenharia, que é o que eles resolvem tão bem.”

(Staniel Chairhead
@cheron @elonmusk Custo total para um lançamento Falcon 9 é de cerca de US$ 61 milhões. O primeiro estágio é aproximadamente 3/4 do custo. Então, segundo estágio: ~US$ 16 milhões.)

(Elon Musk
@ChairheadMD @cheron A capota é ~US$ 5 milhões, mas isso deve se tornar reutilizável esse ano. Estou confiante de que podemos usar o estágio superior também ao final do ano que vem para conseguir 100%.)

Colocando de lado o histórico de grandes explosões da companhia, a SpaceX realmente conseguiu tirar o coelho da cartola diversas vezes. Lançar e pousar foguetes com o estágio superior renovado parece o próximo passo lógico para a companhia. Mas isso tornaria um foguete completamente reciclável?

“É bom reciclar a maior quantidade possível, mas muitas vezes você vai observar o detalhe e vai ver que os produtos só podem ser reciclados uma vez, ou na verdade é material 10% reciclado e o resto é novo”, Ella Atkins, professora do Departamento de Engenharia Aeroespacial da Universidade de Michigan, disse ao Gizmodo. “Então, acho que temos que ser cuidadosos quando falamos na noção de reutilizar foguetes, já que não significa que cada peça do foguete vai ser reutilizada.”

Atkins acrescentou que ela não acha possível para a SpaceX ter um foguete que eles podem reutilizar completamente em 2018. Também não estão claros que partes do foguete renovado podem ser trocadas por novas e quanto isso entraria no plano da SpaceX. Parte do motivo do Ônibus Espacial da NASA ter se tornado tão caro foi o extraordinário custo de renovação.

“Se eu pegar um notebook remodelado, eles vão ter trocado a placa-mãe”, Atkins disse. “Os outros componentes ainda estarão lá, mas às vezes é a parte mais cara que é substituída quando algo é renovado. Eu acho que a mesma coisa aconteceria com os foguetes.” O Gizmodo tentou entrar em contato com a SpaceX para comentar sobre quais partes tipicamente são trocadas antes de um foguete renovado estar pronto para ser lançado de novo.

Idealmente, os foguetes funcionariam como aviões — eles são lançados, aterrissam, são reabastecidos e estão prontos para fazer tudo de novo. Mas existem mais fatores de desgasto associados a sair e entrar na atmosfera terrestre, e, de acordo com Atkins, estamos bem longe de conseguir foguetes que se comportariam como aviões funcionais.

“Esse é o sonho”, ela disse. “Mas, se você precisa de uma parte nova, você precisa de uma parte nova”. Longos processos de renovação e inspeção podem atrasar o objetivo recentemente anunciado de Musk de deixar os foguetes prontos para um novo voo 24 horas depois de serem lançados e pousarem. Levou cerca de um ano entre o lançamento e pouso do primeiro foguete reutilizado da SpaceX, então essa estimativa parece um pouco ousada, por enquanto.

Ainda assim, é bom ter grandes ambições, e essa é uma coisa que a SpaceX tem de sobra. Eles também têm muito dinheiro, o que é geralmente bom para construir coisas que voam até o espaço.

Em geral, as coisas estão indo bem para o impulso da SpaceX em direção à reutilização. De acordo com Larson, o processo ainda está evoluindo.

“Eles podem ir na direção de fabricar a maioria dos novos segundos estágios, e apenas um certo número de primeiros estágios será necessário por ano”, ele disse ao Gizmodo. “Isso é algo que será determinado com o tempo, conforme eles aperfeiçoarem os requisitos de renovação.”

Vai ser interessante observar a SpaceX (e seus competidores) usar foguetes reutilizáveis para conquistar a supremacia no espaço. Nós só podemos esperar que, quando chegar a hora, eles nos deem algumas passagens com desconto para Marte.
 
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar