Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

WINDOWS 10 MOSTRA PERDA DE DESEMPENHO EM JOGOS COM O GAME MODE LIGADO

07/02/2017

 
 
 

O Windows 10 introduziu recentemente nas versões de testes do sistema o Game Mode, um recurso que tem como objetivo extrair mais quadros por segundo de cada jogo desativando funções secundárias do computador, dedicando mais poder ao jogo. Mas como será que isso funciona mesmo?

O site PC Gamer teve a oportunidade de acessar esta versão inicial do recurso, e os dados preliminares não são tão animadores quanto inicialmente previstos. Em boa parte dos casos, o ganho com o recurso ativado foi nulo, mínimo e em várias situações houve uma redução pequena de desempenho.

Há algumas observações a serem feitas sobre o teste, no entanto. Primeiro: o Game Mode ainda está em fase praticamente alfa de desenvolvimento, disponível apenas para usuários no ciclo rápido de atualizações do programa Insider Preview. Isso significa que, pelo menos em teoria, a ferramenta não está totalmente pronta e deve melhorar bastante antes de ser distribuída a todos os usuários do Windows 10.

Segundo: o teste foi feito em um computador limpo, sem muitos processos secundários que pudessem ser desativados para que houvesse ganho de desempenho. Neste caso, faria algum sentido se o fato de o modo jogo estar em execução causasse por si só uma perda de poder computacional, já que ele consome recursos do processador e memória para não conseguir fechar nada.

Isso dito, vamos aos resultados. Para referência: a barra azul representa a média de taxa de quadros alcançada durante o jogo, e a barra vermelha é o ponto em que o desempenho esteve mais baixo, com a menor taxa de quadros. Os gráficos comparam a média e o mínimo de cada jogo com o Game Mode ligado e desligado

Com um processador Core i7-7700K e uma placa GTX 1080, basicamente todos os indicadores mostraram regressão, variando entre uma perda de quase 0 a 1% na taxa de quadros. A exceção foram Hitman, onde a queda foi mais acentuada, com uma média 4% menor e um mínimo 10% inferior, e The Division, que viu um pequeno ganho de desempenho, quase desprezível.

Reprodução

 Já com um computador mais básico, o resultado foi um pouco melhor. Com um processador Core i3-7350K e a mesma placa de vídeo, dois dos jogos testados apresentam leves melhoras na taxa de quadros, com um aumento que varia entre 1% e 3%. No entanto, os outros três tiveram ganho desprezível (The Division) ou quedas acentuadas, como é o caso de Gears of War 4, que perdeu 1% e 3% e Hitman, que perdeu 11% e 14%.

Reprodução


 
Fonte: Olhar Digital
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar