Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VENDAS DE TABLETS DESPENCAM E PODEM CAIR AINDA MAIS EM 2017

03/02/2017

No quarto trimestre de 2016 foram vendidos 52,9 milhões de tablets no mundo, uma queda e 20,1% em relação ao mesmo período de 2015. O resultado ruim foi o nono consecutivo, o que significa que a tendência de baixa é uma realidade nos últimos dois anos, revelam os dados da IDC. Para a consultoria, o batizado tablet “slate”, sem nenhum teclado embutido, vem perdendo atratividade. O consumidor que recorre a esta categoria busca preço baixo como principal diferencial, deixando pouco ou nenhum espaço para os fabricantes se diferenciarem. Também há o impacto real dos smartphones - que cresceram as telas - e ´roubaram´ o lugar dos tablets.

Não bastando enfrentar os smartphones, os tablets, agora, perdem vez para os notebooks 2 em 1, que também têm telas sensíveis ao toque. Esses começam a ganhar a preferência do usuário por conta da queda nos preços.

De acordo com a IDC, em 2016, as vendas dos tablets somaram 174,8 milhões de unidades, uma queda de 15,6% em relação a 2015. No ano, Apple vendeu 42,6 milhões de peças; Samsung, 26,6 milhões; Amazon, 12,1 milhões; Lenovo, 11,1 milhões; Huawei, 9,7 milhões; e outras marcas juntas, 72,7 milhões.

Na disputa dos fornecedores, a Apple segue como líder, mesmo tendo vendido 13,1 milhões de iPads (-18,8%). Em segundo lugar vem a Samsung, com 8 milhões (-11,4%), e em terceiro a Amazon, com 5,2 milhões (-06%). Lenovo e Huawei conseguiram crescer nessa disputa em que vale o preço. A primeira despachou 3,7 milhões de unidades (+14,8%), e a segunda, 3,2 milhões (43,5%).




Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar