Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MEDALHAS DA OLIMPÍADA DE 2020 SERÃO FEITAS DE CELULARES RECICLADOS

03/02/2017

 

Smartphones são uma peça incrível de tecnologia, mas também são um problema. Eles são descartáveis e raramente tem uma vida útil maior do que três anos. Após o período, eles se transformam em um transtorno em uma gaveta ou, pior, viram lixo e poluem o planeta, raramente sendo reaproveitados para alguma coisa.

O Comitê Organizador da Olimpíada de Tóquio em 2020 tem uma ideia melhor do que fazer com um celular velho: transformá-lo em medalhas, por que não? A ideia é que as 5.000 medalhas distribuídas durante a competição utilizem celulares usados em sua composição. Ao receber o ouro, o atleta pode estar recebendo um pedacinho de um Nokia tijolão clássico.

O Japão diz para fazer as medalhas de ouro, prata e bronze será necessário coletar 8 toneladas de metais. A abordagem de reciclagem de celulares tem vantagens pois impede que esse material seja coletado da natureza e que os eletrônicos poluam o ambiente.

Não é a primeira vez que metais reciclados são usados para produzir medalhas olímpicas, mas nunca celulares e outros aparelhos eletrônicos reciclados foram usados para tal. Os organizadores dizem que a medalha de ouro, especificamente, será feita totalmente com material reciclado.

Para coletar os aparelhos, o comitê fechou parcerias com a operadora NTT Docomo e com o Centro de Saneamento Ambiental do Japão, permitindo aos japoneses despejar seus aparelhos usados em caixas espalhadas por 2.400 lojas da empresa de telecomunicações pelo país.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital
 
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar