Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

DESENVOLVIMENTO DO FOGUETE MAIS PODEROSO DA NASA ACABA DE ALCANÇAR MARCO IMPORTANTE

12/01/2017

A NASA espera lançar no fim de 2018 o seu Space Launch System (SLS) — um poderoso foguete da próxima geração capaz de exercer empuxo de 907 toneladas. Os engenheiros da agência terminaram a construção de uma plataforma suficientemente robusta para testar o seu enorme tanque de combustível. Um marco importante para o projeto e mais um passo em direção à viagem de humanos para Marte.

A construção na plataforma de teste 4693 começou em maio de 2014 e foi concluída em dezembro de 2016. A estrutura tem 67 metros de altura e está localizada no Centro de Voos Espaciais Marshall, em Huntsville, Alabama. Para comemorar o fim da importante fase de construção, a NASA lançou um timelapse de 60 segundos, mostrando a plataforma durante sua construção.

Os engenheiros agora estão instalando o equipamento necessário para testar o maior tanque de combustível do foguete, incluindo cabos, tubos, válvulas, sistemas de controle, câmeras, iluminação e equipamentos de teste especificamente desenvolvidos para o teste.

Este local de testes será importantíssimo para garantir que o tanque de mais de 2 milhões de litros de hidrogênio líquido possa suportar as forças extremas a que terá que resistir durante o lançamento. O tanque faz parte do enorme estágio central de quatro motores do SLS, que está programado para enviar a nave espacial Orion e seus quatro ocupantes em uma jornada ao redor da Lua. É importante ressaltar que se trata da mesma tecnologia necessária para a viagem até Marte.

nasa-1
O enorme tanque de combustível que será testado na nova plataforma em Marshall. Imagem: NASA/MAF/Steven Seipel.

“A escala e a capacidade desta plataforma de teste são únicas, e foram necessárias pessoas de todo o país, de todos os setores, para criá-la — fornecedores e finalizadores de concreto, fabricantes de aço, parafusos e mais”, observou Robert Bobo, gerente do teste de resistência estrutural do SLS no Marshall. “Todos envolvidos nisso estão orgulhosos do Space Launch System, um foguete americano que enviará astronautas o mais longe no espaço em que os humanos já estiveram.”

A nova plataforma foi desenvolvida para simular as poderosas dinâmicas de lançamento e voo, empurrando, puxando e dobrando um protótipo do tanque de hidrogênio líquido de 45,4 metros, recentemente construído pela Boeing, na Instalação de Montagem da NASA em Michoud, Nova Orleans. Um tanque tão grande e pesado que precisará ser enviado para o local de testes em uma barcaça. Uma vez montado na plataforma, o tanque de hidrogênio líquido, junto com o de oxigênio líquido, abastecerá 2,7 milhões de litros de propulsor super-resfriado para os quatro motores RS-25, produzindo 907 toneladas de empuxo na base do estágio central.

nasa-2
Behold Pegasus, a barcaça que irá transportar partes do Space Launch System. Imagem: NASA/Michoud/Steven Seipel.

Um total de 38 cilindros hidráulicos, com pesos variando entre 226,7 kg a 1,4 tonelada, serão posicionados em determinados pontos ao longo do tanque para simular o empuxo produzido pelos motores RS-25. Durante o teste, esses cilindros vão se estender e retrair, empurrando e puxando, em diferentes combinações, para expor o tanque de hidrogênio às condições esperadas no lançamento.

Os cilindros são capazes de aplicar 907 toneladas de força de puxação e esmagamento e até 154,2 toneladas de força de cisalhamento. Com isso, mais de 3.500 medições individuais serão feitas, incluindo de temperatura e pressão. Mais de 30 testes diferentes estão marcados, em um processo que levará vários meses.

Por último, a nova plataforma será equipada com câmeras de alta definição, então se prepare para umas imagens bem legais quando os testes começarem neste ano!
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar