Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ENTENDENDO A NOVA TAXA DE 75 CENTAVOS DO UBER

07/01/2017

uber-taxi
 
 

O Uber ficou mais caro desde sexta-feira (6). O serviço começou a cobrar dos passageiros de todo o país uma taxa extra de R$ 0,75 por viagem.

De acordo com um comunicado enviado para os motoristas, a nova tarifa, batizada de “Custo Fixo”, irá “ajudar a apoiar iniciativas de segurança para motoristas parceiros e usuários, além de outros custos operacionais”.

A companhia diz ainda que o valor será aplicado com o objetivo de “manter o crescimento saudável da plataforma em nosso país”. Os motoristas, no entanto, não receberão parte do valor. Hoje, a empresa fica com 20% ou 25% do valor de cada corrida e o restante é pago ao parceiro.

Na nota, o Uber não especifica quais são essas iniciativas de segurança, nem detalha os custos operacionais. Aparentemente, a empresa precisa tapar alguns buracos nas suas contas, já que vem acumulando grandes perdas. O Uber teve prejuízo de US$ 1,27 bilhão no primeiro semestre de 2016 e grande parte desse rombo é causado pelo repasse aos motoristas.

Na América do Norte, eles abaixaram as tarifas para atrair novos clientes e começou a tomar uma percentagem maior das corridas (até 30%). A estratégia por aqui será o “Custo Fixo”.

Enquanto isso, a 99 (antes 99Taxis) recebeu um aporte financeiro da chinesa Didi, empresa que comprou o Uber no país asiático depois de uma intensa disputa de preços. Desde agosto, a Didi controla a marca, as operações e os dados do Uber na China. O investimento deve tornar a concorrência mais agressiva entre os serviços.

O UberX, categoria mais barata, tem preço base de R$ 2 e cobra R$ 1,40 por quilômetro rodado e R$ 0,26 por minuto de viagem, desconsiderando a tarifa dinâmica. Na cidade de São Paulo, são cobrados ainda R$ 0,10 por cada quilômetro rodado, valor recolhido pela prefeitura.

O valor mínimo de uma viagem no Uber era de R$ 4. Com a nova taxa, o valor mínimo passa a ser de R$ 4,75.

Esta foi a mensagem enviada pelo Uber aos motoristas:

“Ao longo do ultimo ano, você e motoristas parceiros de todo o Brasil espalharam a mágica experiência que é ter uma alternativa confiável e moderna para se locomover pelo nosso país.

Cada vez mais pessoas utilizam o Uber e diariamente e, para manter o crescimento saudável da plataforma em nosso país, será cobrado do usuário R$ 0,75 a partir de 6 de janeiro de 2017.

Vale lembrar que o Custo Fixo não será descontado de seus ganhos. Para você, permanece tudo igual.

Este custo fixo é uma cobrança que será feita a cada viagem. O custo fixo adicional ajudará a apoiar as inciativas de segurança para motoristas parceiros e usuários em todas as cidades que operamos.”
 
 
 
 
Fonte: Gizmodo
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar