Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SPOTIFY QUER QUE VOCÊ RENUNCIE SIGILO BANCÁRIO EM NOVA POLÍTICA

23/12/2016

Spotify quer que você renuncie sigilo bancário em nova política

Uma atualização lançada essa semana nos ‘Termos de Uso e Política de Privacidade’ do Spotify está dando o que falar. É que com a mudança, ao aceitar os novos termos, você pode ter renunciado ao seu direito de sigilo bancário.


Muita gente já pode ter renunciado a esse direito, porque simplesmente quase ninguém ler esses termos, só vai clicando em “Concordar” para ter logo acesso ao serviço oferecido. Mas ao clicar no botão muitas brechas às suas informações de pagamento, como cartão de crédito ou conta do PayPal, para o Spotify serão “públicas” e você, em tese, concorda até que a empresa compartilhe essas informações com outras empresas parceiras do serviço de streaming.

Destacamos abaixo, um dos trechos mais importantes da polêmica mudança:

"Ao aceitar essa política de privacidade, onde for aplicável e na medida permitida pela lei aplicável, você renuncia expressamente aos seus direitos previstos nessas leis de sigilo bancário com referência ao Spotify, a qualquer empresa no grupo Spotify e a quaisquer parceiros de negócios e prestadores de serviços confiáveis, que poderão estar localizados fora do seu país de residência. Esse consentimento é fornecido para todo o período de seu relacionamento com o Spotify".

"... ao aceitar a política de privacidade, você autoriza expressamente o Spotify a usar e compartilhar com outras empresas no grupo Spotify, assim como com determinados parceiros de negócios e prestadores de serviços confiáveis, que poderão estar localizados fora do país de sua residência (...), as informações fornecidas por você ao Spotify, mesmo se tais informações estiverem abrangidas por leis locais de sigilo bancário".

Até o momento, há uma notificação dá a opção ao usuário de adiar o aceite dos novos termos, ou seja, ainda não é algo obrigado para continuar o uso do serviço.


Fonte: Ziggi

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar