Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GALAXY S8 DEVE SER O PRIMEIRO CELULAR A USAR O BLUETOOTH 5.0

16/12/2016

 
 

O Bluetooth 5.0 vai ser uma das novas tecnologias que veremos por toda parte em 2017, e os primeiros beneficiários da novidade devem ser os usuários de um Galaxy S8. A expectativa e os novos rumores indicam que o novo aparelho da Samsung será o pioneiro na adoção do novo padrão.

A nova tecnologia foi adotada pelo consórcio Bluetooth Special Interest Group (Bluetooth SIG) na última semana, determinando as especificações no novo padrão. Quando a decisão foi anunciada, o grupo revelou que esperava que os primeiros aparelhos a abraçar o Bluetooth 5.0 deveriam sair entre dois e seis meses.
 

Coincidentemente ou não, a Samsung é uma das empresas a fazer parte do grupo, então certamente já tem em mãos a tecnologia para aplicá-la em um novo produto. Além disso, a companhia costuma lançar atualizações da linha Galaxy S entre o fim de fevereiro e o começo de março, uma janela de lançamento que encaixa perfeitamente com a previsão de dois a seis meses.

Novidades

Dispositivos compatíveis com o Bluetooth 5.0 conseguirão se conectar em uma área quatro vezes maior. Isso é relevante, por exemplo, para usuários que possuam caixas de som que se conectem ao smartphone via Bluetooth: não será mais necessário deixar o celular tão perto da caixa. Essa mudança também amplia a possibilidade de usos do Bluetooth para eletrodomésticos conectados e dispositivos IoT (internet das coisas).

Outra mudança interessante é que, agora, ficará muito mais fácil conectar dispositivos por esse meio. Em vez de obrigar o usuário a procurar entre diversos sinais para se conectar, o Bluetooth 5 será inteligente o suficiente para realizar as conexões automaticamente. Assim, conectar smartphones e notebooks com teclados e mouses sem fio deve ficar muito mais rápido.

Além disso, a conexão sem fio também terá oito vezes mais capacidade para transmissão de informações. Com isso, dispositivos conectados por esse padrão poderão trocar dados muito mais rapidamente, além de realizar diversas operações ao mesmo tempo. Graças à velocidade aumentada da conexão, o envio de notificações de um smartphone para um dispositivo vestível, por exemplo, deverá ser ainda mais rápido.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar