Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MINUTO DO CELULAR NO BRASIL É UM DOS MAIS BARATOS DO MUNDO, APONTA ESTUDO

22/11/2016

 
 
 

Com um custo médio de US$ 0,066 (cerca de R$ 0,22), o minuto do celular no Brasil permanece um dos mais baratos do mundo pelo terceiro ano consecutivo, segundo a consultoria Teleco. Ainda assim, o país tem a maior carga tributária entre os 18 países pesquisados.

Os tributos no país representam 43% da receita líquida, quase o dobro do segundo colocado do ranking, que é a Argentina (26%) e 14 vezes maior que os da China (3%). Sem os tributos, o preço do minuto cairia para US$ 0,046.

Segundo o comparativo, o valor médio do minuto do celular aplicado ao brasileiro é mais caro apenas do que o praticado no México (US$ 0,05), na Índia (US$ 0,03), na Rússia (US$ 0,03) e na China (US$ 0,02), que lidera o ranking do estudo "Desempenho Comparado de Preços do Celular".

A França assume a última colocação com a minutagem mais cara. O valor médio do minuto do celular aplicado aos franceses é de US$ 0,45 (cerca de R$ 1,51). As últimas colocações do ranking também são ocupadas pelo Japão (US$ 0,40), Itália (US$ 0,33), Argentina (US$ 0,27) e Espanha (US$ 0,18).

Para realizar a comparação, a pesquisa levou em consideração o segmento pré-pago, utilizado por 70% dos brasileiros, bem como uma cesta de produtos de 100 minutos de ligações --sendo 90% destinadas a celulares da mesma prestadora, 5% para celulares de outras prestadoras e 5% para telefones fixos. 

Divulgação/Teleco

Preços da banda larga

A pesquisa também comparou os preços da banda larga e o Brasil obteve destaque considerável. Por US$ 7,40 (R$ 24,79), o preço médio da banda larga móvel pré-paga do país foi o sétimo mais barato entre os países estudados.

Para fazer a avaliação, foi considerado um pacote com consumo de pelo menos 500 MB. Na banda larga móvel pós-paga, o serviço custa em média US$ 8,30 (R$ 27,81). Sem os impostos, os preços cairiam para US$ 5,10 (R$ 17,09) no pré-pago e para US$ 5,80 (R$ 19,43) no pós-pago.

Já na banda larga fixa, o Brasil tem o terceiro preço mais barato do mundo. O pacote de serviços custa em média US$ 9,30 (R$ 31,16), atrás apenas da Rússia e da Índia. O plano considerado é o de Internet Popular que tem isenção de ICMS e o pacote de dados de pelo menos 1 GB e com velocidade de download de no mínimo 1 Mbps. 

Divulgação
 
 
 
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar