Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GOOGLE PROVOCA ´MORTE DIGITAL´ DE PESSOAS QUE APLICARAM GOLPE À EMPRESA

18/11/2016

Já parou para pensar na extensão da presença do Google na sua vida e em como seria ser proibido de acessar os produtos da empresa de uma hora para a outra? Pois é exatamente isso que um punhado de americanos está experimentando como punição por terem participado de um esquema de revenda de celulares.

Várias pessoas estavam comprando unidades do Google Pixel através do Project Fi, a operadora da gigante de buscas, e revendendo os aparelhos a uma empresa de New Hampshire. Essa empresa repassava os smartphones sem taxa de venda e dividia os lucros com os consumidores.

Quando descobriu o esquema, o Google começou a caçar os envolvidos, porque tudo isso viola seus termos de serviço — o texto, inclusive, é bem claro ao informar que a pessoa só pode adquirir seus produtos para uso pessoal, e não para revenda.
 

Há centenas de envolvidos, segundo reporta o jornal The Guardian, e mais estão por vir, porque aparentemente a mutreta vinha acontecendo há anos com outros aparelhos da empresa.

Morte digital

O Google não tem demonstrado compaixão com os espertinhos e vem usando a situação para provocar uma hecatombe digital.

A punição aplicada pela empresa não envolve apenas a proibição de acessar a sua loja, o Google impediu que as pessoas usassem todos os seus serviços, incluindo o Gmail. Tudo da noite para o dia.

Isso significa que muitas perderam fotos, e-mails, documentos e qualquer outra coisa que estivesse ligada à empresa. Quem usava a conta do Gmail para acessar outros serviços (como Facebook), ficou sem poder trocar suas senhas. Um deles perdeu até mesmo a conta que usava como back-up para a outra que tinha sido usada para comprar um Pixel.

O Guardian perguntou ao Google se as medidas não eram muito duras, mas o jornal não publicou a resposta, o que sugere que a empresa não devolveu o contato.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar