Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

15 CURIOSIDADES SOBRE O XBOX QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NÃO CONHECIA

16/11/2016

Além da Proclamação da República no Brasil, o dia 15 de novembro de 2016 marca também os 15 anos do lançamento do Xbox. O primeiro console da Microsoft evoluiu para o Xbox 360 e, mais recentemente, para o Xbox One, mas até hoje coleciona uma legião de fãs em todo o mundo.

Pensando nisso, listamos abaixo 15 curiosidades sobre a história do Xbox, desde o primeiro console até as iterações mais novas da marca, que você provavelmente não conhecia.

1 - O Xbox não foi a primeira investida da Microsoft em consoles

Antes do lançamento do primeiro Xbox em 2001, a Microsoft já vinha investindo em consoles de mesa desde a década de 1990. O primeiro videogame a exibir o logotipo da Microsoft nos créditos foi o Dreamcast, da Sega, que usava uma versão customizada do Windows CE.

2 - O Xbox original poderia ter rodado jogos do Dreamcast

A relação da Microsoft com a Sega, remanescente do uso do Windows CE no Dreamcast, quase fez com que os jogos do console da Sega rodassem no Xbox. As negociações não puderam ir muito adiante porque Isao Okawa, presidente da empresa na época, insistia que a Microsoft liberasse suporte online aos jogos do Dreamcast no Xbox. A ideia foi rejeitada por Bill Gates.

3 - De onde vem o nome Xbox?

A "caixa X" da Microsoft originalmente se chamaria DirectX Box. O DirectX é um driver criado pela Microsoft no fim da década de 1990 que, a grosso modo, permitia que desenvolvedores facilitassem a portabilidade dos jogos dos consoles para diferentes placas de vídeo nos PCs. O primeiro Xbox foi totalmente concebido com essa tecnologia em mente.

4 - A Microsoft chegou a testar outros 15 nomes provisórios

Antes de se decidirem por Xbox, outros 15 nomes foram usados pela equipe de desenvolvimento do console - além, é claro, do já citado DirectX Box. A lista inclui siglas como Mind (Microsoft Interactive Network Device), Xon (Experience Optimized Network) e até Mega (Microsoft Entertainment & Gaming Assembly), entre muitos outros.

5 - O Xbox nasceu como um contra-ataque de Bill Gates à Sony

Um dos codinomes usados pela equipe do primeiro Xbox era "Midway", em uma referência à Batalha de Midway, confronto realizado em 1942, no Oceano Pacífico, em que os Estados Unidos derrotaram o Japão num momento crucial da Segunda Guerra Mundial. Mas o que isso tem a ver com a Sony?

O nome "Midway" foi escolhido porque Bill Gates, então presidente da Microsoft, ordenou o desenvolvimento do console após uma fracassada negociação de parceria com a Sony. Na época, a marca japonesa dizia que o PlayStation 2 logo seria mais do que um videogame, um centro de entretenimento para toda a família, e por isso não estava interessada no DirectX da Microsoft.

Segundo Ed Fries, um dos criadores do Xbox, após dizer que o projeto original era "um insulto a tudo o que eu fiz nessa companhia", Bill Gates começou a se preocupar com o avanço da Sony e teria ficado consternado com o fim das negociações de uma parceira. Ele então deu sinal verde para a equipe desenvolver o console com a ideia de que a máquina, assim como o contra-ataque dos EUA na Segunda Guerra, impedisse o avanço dos japoneses em seu território.

6 - Por que a cor verde?

Desde o primeiro Xbox, uma das principais características da iconografia do Xbox é a onipresente cor verde. A verdade é que essa cor foi escolhida porque Horace Luke, o designer do logo original, só tinha uma cor de caneta em sua mesa de trabalho - todas as outras cores haviam sido "furtadas" pelos colegas. Os executivos da Microsoft gostaram do primeiro racunho verde e a cor acabou permanecendo.

7 - Um dos criadores do Xbox tatuou a data de lançamento de "Halo 2"

Peter Moore, ex-chefe da divisão Xbox na Microsoft e um dos criadores do console, é lembrado até os dias de hoje por suas memoráveis apresentações durante a E3. Na edição de 2004 da feira, o executivo anunciou a data de lançamento de "Halo 2" e, para garantir que o game não sofreria atrasos, tatuou a data, 9 de novembro, no braço direito. Moore diz que tem a tatuagem até hoje.

8 - O primeiro Xbox não foi nada lucrativo

Em 15 anos, a marca Xbox também passou por alguns momentos mais sombrios. Segundo a renomada revista sobre economia e negócios Forbes, o primeiro Xbox não foi nada lucrativo para a Microsoft. Em seus primeiros 4 anos de vida, o console rendeu um prejuízo de US$ 4 bilhões à empresa.

9 - O "anel da morte" atingiu 54% das unidades do Xbox 360

Quem teve um Xbox 360 em seus primeiros anos de atividade certamente se lembra do "anel vermelho da morte", ou "3RLs", um erro grave causado pelo superaquecimento do console e que o deixava praticamente inutilizável. O defeito atingiu 54% de todas as unidades do videogame lançadas até 2007.

10 - O recall do Xbox 360 custou mais de US$ 1 bilhão à Microsoft

Anos mais tarde, Peter Moore relembrou os transtornos causados pelo polêmico "anel vermelho da morte". Numa entrevista, o executivo revelou que tratou do assunto diretamente com Steve Ballmer, presidente global da Microsoft na época. Informado de que o recall custaria mais de US$ 1 bilhão à empresa, Ballmer aceitou o risco "sem hesitar". Moore diz que, se não fosse por essa decisão, "a marca Xbox não existiria hoje".

11 - A Apple quase comprou a tecnologia do Kinect

Um dos principais atrativos do Xbox 360 foi o Kinect, sensor de movimentos que surgiu na segunda metade do ciclo de vida do console. Antes de ser comprada pela Microsoft, porém, a startup israelense que criou a tecnologia, chamada PrimeSense, se envolveu em uma longa negociação com a Apple. No fim, o CEO da empresa desistiu do negócio porque a companhia de Steve Jobs, segundo ele, era "um pé-no-saco".

12 - As primeiras versões do Xbox 360 vinham com músicas pré-carregadas

A Microsoft sempre fez questão de destacar o potencial do Xbox como mais do que apenas um videogame. Prova disso foram os aplicativos desenvolvidos para a plataforma ao longo dos anos, como o Xbox Music. O app permitia que o usuário ouvisse suas músicas enquanto jogava, e para promover a novidade, os primeiros consoles da geração chegaram ao mercado com músicas pré-carregadas. A playlista contava com bandas como Cold, Marcy Playground e Skindred.

13 - Facebook e Twitter foram alguns dos primeiros apps do Xbox 360

Ainda tentando provar as capacidades de entretenimento do console, a Microsoft lançou em 2009 uma atualização para o Xbox 360 que trouxe diversos novos aplicativos. Entre esses primeiros apps criados para o console estavam Facebook e Twitter, além da quase extinta Last.fm. As redes sociais desistiram de manter seus apps atualizados e, hoje, você só pode acessá-las de um Xbox One se for navegando pelo browser do videogame.

14 - O controle do Xbox One custou US$ 100 milhões à Microsoft

O controle do Xbox One é, também, uma das características que mais agradam aos fãs da marca. A criação da mais recente versão do gamepad custou cerca de US$ 100 milhões à Microsoft, que fez questão de investir até o seu limite em melhorias ao design, à resistência e ao funcionamento geral de todo o acessório. Para quebrar um botão, por exemplo, a Microsoft diz que você precisa pressioná-lo mais de 2 milhões de vezes.

15 - O Xbox One quase foi capaz de emitir "aromas personalizados"

Durante o desenvolvimento do Xbox One, os engenheiros chegaram a testar uma tecnologia que inseria um cartucho de aromas dentro do controle. A ideia era explorar mais do que apenas a visão e a audição dos jogadores, mas também fazê-los sentir "cheiros diferentes" enquanto jogavam determinados games. A ideia, naturalmente, acabou descartada.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar