Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

OS LANÇAMENTOS DA ASUS NO BRASIL: ZENFONE 3 POR R$ 1.499, ZENBOOK 3, ZENWATCH E MAIS

26/10/2016

asus zenfone 3 hands-on 5
 
 

A Asus anunciou hoje em São Paulo sua nova linha de produtos para o Brasil. O destaque fica para o Zenfone 3, já disponível para compra, mas há diversos outros smartphones, laptops e até smartwatches vindo também. Vamos a eles.

Comecemos pelo Zenfone 3. Ele virá em duas versões: uma delas (ZE520KL) possui tela de 5,2 polegadas, 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento, e custa R$ 1.499 à vista.

Enquanto isso, a outra versão (ZE552KL) possui tela de 5,5 polegadas, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento – ela sai por R$ 1.799. Ambas estarão disponíveis ainda hoje no varejo online a partir das 21h; elas são fabricadas no Brasil.

As duas versões são bem parecidas. Temos aqui resolução Full-HD, processador Snapdragon 625, armazenamento expansível por microSD, e Android 6.0 Marshmallow com a interface ZenUI 3.0. Na traseira, você encontra uma superfície de vidro, o leitor de digitais e uma câmera de 16 MP com abertura f/2.0 e foco laser; a câmera frontal tem 8 MP.

A maior diferença entre os dois modelos, além do tamanho, está na bateria: a versão menor tem 2.650 mAh, enquanto a versão maior tem 3.000 mAh – foi a que testamos; confira nossas impressões aqui.

asus zenfone 3 max

Por sua vez, temos o Zenfone 3 Max com bateria enorme de 4.100 mAh – é tão grande que pode fazer carregamento reverso de outros smartphones.

Ele também virá em duas versões. Uma delas (ZC520TL) possui tela HD de 5,2 polegadas, processador MediaTek MT6737M, 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento e câmera de 13 megapixels. Ela chega ao Brasil na primeira quinzena de novembro por R$ 999 à vista.

A outra versão tem processador Snapdragon 430, tela Full-HD de 5,5 polegadas (ZC553KL), 32 GB de armazenamento e câmera de 16 megapixels, e virá em dezembro por R$ 1.199 (2 GB de RAM) e R$ 1.299 (3 GB de RAM). Ambos os modelos possuem leitor de digitais e são fabricados no Brasil.

ZenFone 3 Deluxe

E ainda temos o Zenfone 3 Deluxe, a ser lançado em novembro. Ele possui tela AMOLED de 5,7 polegadas e resolução Full-HD, 6 GB de RAM, e bateria de 3.000 mAh.

Na traseira, você encontra uma câmera de 23MP com abertura f/2.0 e estabilização óptica de quatro eixos; mais um corpo de alumínio sem linhas de antena com leitor de digitais.

O Zenfone 3 Deluxe virá em duas versões: uma com processador Snapdragon 820 e 64 GB de armazenamento por R$ 3.599; e outra com Snapdragon 821 e 256 GB – é o primeiro com esse chip no Brasil – por R$ 4.399.

ASUS ZenBook 3

A Asus está lançando mais do que smartphones no Brasil. O Zenbook 3 é um laptop bem fino e leve que custará R$ 14.999 quando for lançado na primeira quinzena de novembro.

São meros 11,9 mm de espessura e 910 g, mais compacto que o MacBook de 12 polegadas. Temos aqui uma tela Full-HD de 12,5 polegadas com Gorilla Glass 4, leitor de digitais compatível com Windows Hello, e 9 horas de vida útil da bateria.

Por dentro, encontramos um processador Intel Core i7 7500U da geração Kaby Lake, 16 GB de RAM, 512 GB de armazenamento em SSD, e bateria com duração de nove horas.

Marcel Campos, diretor de marketing para a Índia e América do Sul, disse durante o evento que o objetivo não é vender muitas unidades do Zenbook 3 – que custa mais caro que o MacBook – e sim fazer posicionamento de mercado; não é tão simples quanto parece, pois o lançamento requer aprovação da Anatel e do Inmetro.

Asus ZenWatch 2 (2)

E quanto aos smartwatches, teremos dois modelos com posicionamento bem diferente de preço: o Zenwatch 2 a partir de R$ 999; e o Zenwatch 3 a partir de R$ 1.799. Ambos chegarão na primeira quinzena de novembro.

O Zenwatch 2 foi lançado em outros países no ano passado em dois tamanhos (49 mm e 45 mm) com tela AMOLED quadrada, resistência IP67 a água e poeira, e processador Snapdragon 400.

zenwatch3

Enquanto isso, o Zenwatch 3 tem design redondo e mais fino (10 mm de espessura), corpo totalmente em metal, e bateria que promete dois dias longe da tomada. Além disso, o relógio chega a 60% de carga com apenas quinze minutos na tomada. Ele mantém a resistência IP67, e tem processador Wear 2100.

Ambos rodam Android Wear, cuja atualização para a versão 2.0 foi adiada para o ano que vem.

 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar