Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GOOGLE BUSCA MARGENS DA APPLE COM PRIMEIRO TELEFONE PIXEL

26/10/2016

 
 
 

A nova linha de telefones Pixel do Google tem a forma, o preço e alguns dos recursos do iPhone, da Apple. Mas o mais importante para os investidores é que suas margens também sejam semelhantes às da Apple.

O smartphone Pixel XL com 32 gigabytes de capacidade de armazenamento tem um custo total de materiais e fabricação de US$ 285,75 (cerca de R$ 890,00), segundo a firma de análise de componentes de tecnologia IHS. O preço de US$ 769 (quase R$ 2400,00) no varejo indica que as margens desse modelo em particular são de cerca de US$ 483,25 por unidade (cerca de R$ 1500,00), excluindo custos não contabilizados pela IHS. O montante é pouco superior ao lucro da Apple com o iPhone 7 de 32 GB com uma tela menor, segundo análise da IHS.

As margens do Google para seu primeiro smartphone sugerem que a companhia com sede em Mountain View, Califórnia, não quer apenas a base de usuários da Apple, mas também seus lucros. O Pixel é o primeiro de uma série de novos produtos da empresa controladora do Google, a Alphabet, segundo Rick Osterloh, vice-presidente sênior responsável por hardware.

As margens sugerem que "o Google está obtendo o mesmo preço pelos mesmos componentes que outras fabricantes de telefones de primeira linha", disse Andrew Rassweiler, diretor sênior de análise comparativa de custos da IHS Markit. O Google "tem tanta força quanto qualquer uma das outras grandes", completou.

Esta suposição pode ser imprecisa, porque a Apple consegue adquirir componentes em enormes quantidades, o que lhe garante preços mais baixos. O Google não é capaz de fazer a mesma promessa de volume aos fornecedores, mas os novos executivos do setor de hardware da companhia afirmam que buscam alcançar esse peso em termos de cadeia de abastecimento no futuro.

Jason Bremner, vice-presidente de gerenciamento de produto do Google, disse no mês passado que se os fornecedores sabem que você estará por perto por anos e vai encomendar muitos componentes, eles ficam mais dispostos a trabalhar em novos projetos adaptados às suas necessidades.

Um dos principais recursos do Pixel XL é seu sistema de câmeras, um único módulo de sensor que tira fotos de 12 megapixels com a câmera traseira e de 8 megapixels com o sensor dianteiro. A IHS estima o custo total do componente da câmera do Pixel XL em US$ 17,50, menos que os US$ 19 estimados do sistema de câmeras do iPhone 7, que tem capacidade semelhante.

O componente mais caro do Pixel XL é a tela AMOLED QHD de 5,5 polegadas (14 centímetros), fabricada pela Samsung Electronics, que custa US$ 58 a unidade, segundo a análise da IHS. O chamado sistema em um chip Snapdragon, da Qualcomm, que é o cérebro do aparelho, sai por US$ 50 a unidade. Assim como a Apple, o Google recorreu à NXP para fornecimento do chip de pagamento por NFC e à Samsung para o armazenamento.
 
 
 
Fonte: Uol
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar