Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MASTERCARD ESTREIA NO BRASIL SISTEMA QUE PERMITE PAGAR PASSAGENS DE ÔNIBUS E TREM COM CARTÃO

14/10/2016

A Mastercard quer revolucionar o pagamento no transporte público no Brasil: um sistema que permite comprar passagens de ônibus e trem com um cartão que dispensa senhas.

Por enquanto, o projeto ainda está em fase de testes nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, mas os planos são de levar a ideia para todas as capitais do país até Dezembro de 2017.

O modelo que já foi adotado com sucesso em Londres e Singapura permite que o usuário encoste o cartão na roleta e tenha o acesso liberado instantaneamente. O valor da passagem é então descontado do débito, crédito ou através de uma carteira virtual pré-paga. Para que isso seja possível, os cartões especiais emitidos pela Mastercard precisam contar com a tecnologia EMV, que permite o pagamento apenas aproximando o cartão do terminal de pagamento, o chamado sistema “sem contato”.

“Se o validador do terminal ou do ônibus tiver o símbolo da Mastercard e da EMV, basta aproximar o cartão”, explicou Alexandre Brito, vice-presidente de Desenvolvimento de aceitação, varejo e novos negócios da empresa para o Brasil e Cone Sul.

Usuários podem reconhecer o suporte à tecnologia EMV através do símbolo impresso no próprio cartão, que lembra o símbolo do sinal Wi-Fi. Até o momento, esse tipo de cartão ainda não é comum no Brasil, mas a Mastercard está em adiantado processo de negociação com bancos e operadoras financeiras nacionais para colocar um milhão de cartões novos no mercado até o final deste ano.

“A gente quer acabar com o dinheiro. Nosso sistema proporciona segurança e simplicidade. Ele elimina a necessidade de carregar dinheiro, evitando roubos, e também traz a conveniência de passar pela catraca direto, sem enfrentar filas para carregar o cartão”, afirmou Brito, em entrevista para a revista Exame. Para quem está preocupado com a segurança de sua conta bancária ou limite de crédito, o valor máximo permitido para pagamento sem senha é de R$50.
 
 
Fonte: Codigo Fonte

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar