Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

COMO FUNCIONA O MODO OFFLINE DO LOOKE, O CONCORRENTE BRASILEIRO DO NETFLIX

07/10/2016

looke
 
 

A plataforma brasileira de streaming de vídeos Looke está no mercado há pouco mais de um ano e estendeu recentemente uma uma funcionalidade bem interessante, que nem o Netflix, a maior plataforma de streaming do mundo, tem. Trata-se do download de conteúdos offline.

O Looke não é exatamente igual ao Netflix, pois além do serviço de assinatura, a plataforma conta com a possibilidade de aluguel e compra de filmes, inclusive muitos deles são lançamentos disponíveis no canal de TV a cabo Telecine.

O recurso começou a ser disponibilizado no Android e recentemente começou a funcionar também em dispositivos iOS — a funcionalidade deve chegar em breve para o Windows 10, tanto em computadores como em dispositivos móveis.

Para utilizar os assinantes devem abrir um vídeo, depois ir na opção “Recentes” e fazer o download — porém, prepare-se, pois o processo pode demorar bastante dependendo do tamanho do filme. Como os serviços de música, os arquivos só são disponibilizados dentro do app.

Os planos de assinatura variam entre R$ 16,90 (que dá acesso ao acervo para assinantes em um só dispositivo) e R$ 25,90 (que dá direito de acesso ao acervo em até 5 dispositivos simultâneos e ainda a alugar um filme gratuitamente por mês.

planos-looke

Dentro do acervo do serviço de assinatura, tem séries bacanas da BBC (como Luther e Doctor Who), um vasto conteúdo infantil (como Turma da Mônica) e documentários. As séries consagradas (como Friends, Fringe, entre outras de grandes estúdios) e filmes recentes só estão disponíveis para compra ou aluguel.

Apesar de parecer esquisito que alguém queira investir em uma outra plataforma de streaming de vídeo, a empresa acredita na segmentação. “Não acreditamos em competição, pois os acervos são diferentes e é impossível que uma só plataforma tenha todos os vídeos do mundo”, disse Luiz Guimarães, diretor de negócios do Looke, em conversa com o Gizmodo Brasil.

Ver vídeos offline é um baita diferencial, sobretudo em viagens com crianças inquietas ou durante algum trajeto longo. O Netflix já sinalizou que pode liberar esse recurso em algum momento. Resta saber se com um acervo menor e com este recurso, por enquanto exclusivo, o Looke vai conseguir convencer o consumidor brasileiro a ser um usuário multiplataforma de soluções de streaming de vídeo.

 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar