Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PROCON-SP É ACIONADO CONTRA FALSAS PROMESSAS DO JOGO NO MAN’S SKY

30/09/2016

O Procon-SP confirmou ao site Overloadr que recebeu uma denúncia contra falsas promessas dos desenvolvedores do jogo No Man’s Sky.

O título que tinha tudo para ser o jogo do ano e foi antecipado por fãs também aparece no Reclame Aqui com várias denúncias e está sendo investigado no Reino Unido por propaganda enganosa.

A assessoria de comunicação do Procon, órgão que cuida da defesa do consumidor no Brasil, informou que há um chamado aberto contra No Man’s Sky onde “o consumidor reclama que o jogo não contempla diversos recursos que foram anunciados”. A reclamação foi encaminhada à Sony, responsável pela distribuição do jogo em mídia física no país, e a empresa ainda está dentro do prazo de dez dias para responder à denúncia. No Reclame Aqui, a Sony tem atendido aos consumidores com reembolso do valor pago, até 7 dias após a compra.

Os problemas de No Man’s Sky começaram quando os jogadores descobriram que muitas das funcionalidades que foram anunciadas durante o desenvolvimento e ainda aparecem no material de divulgação do jogo não estão presentes no título. Qualidade gráfica muito acima do encontrado, sistema de facções inexistente, comportamento de voo de espaçonaves, tamanho irreal das criaturas e outros elementos estão sendo citados por consumidores que estão se sentindo enganados pela desenvolvedora Hello Games.

As denúncias levaram ao Advertising Standards Authority (ASA), órgão que regula a publicidade no Reino Unido, a iniciar uma investigação contra a forma como o jogo está sendo descrito no Steam. Na loja digital da Valve, o jogo está com uma resposta extremamente negativa dos usuários e a página ainda apresenta elementos que não foram incluídos na versão final de No Man’s Sky. Se comprovadas as acusações, tanto a Valve como a Hello Games podem ser penalizadas pela ASA.

Até o momento, nem a Sony, a Valve ou a Hello Games se manifestaram sobre as controvérsias.
 
 
 
Fonte: Codigo Fonte

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar