Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CADÊ DISPUTA? A DIVISÃO DE AMD E NVIDIA NA NOVA GERAÇÃO

26/09/2016

 
 
 

Já completamos alguns meses desde o lançamento das novas microarquiteturas Polaris e Pascal, da Nvidia e AMD. Enquanto o lado vermelho da força estreou nos 14 nanômetros FinFET no dia 29 de junho, através do lançamento da Radeon RX 480, o lado verde da força deixou o mundo brincar com a GeForce GTX 1080 e seus 16 nanômetros FinFET ainda antes, no dia 16. Pro lados das Radeons, novos chips Polaris foram lançados, incluindo a Radeon RX 470 e 460, enquanto a Nvidia também lançou placas mais modestas, as GTX 1070 e 1060. Sabe o que está faltando? Disputa.

O que é a tecnologia FinFET das novas placas de vídeo de AMD e Nvidia?

Para exemplificar o que digo, basta ver esse benchmark:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Fire Strike (default)

OBS.:

  • - Resultados em pontos calculados pelo aplicativo
  • - Quanto MAIOR, melhor

[ 3DMark | Asus GeForce GTX 1080 Strix OC ] Hardwares Comparados: 6

NVIDIA GeForce GTX 1080
17606

Gigabyte GeForce GTX 1070 G1 Gaming
15787

ASUS GeForce GTX 1060 Strix OC
11806

AMD Radeon RX 480
10805

XFX Radeon RX 470 RS
10048

XFX Radeon RX 460
5284



 

Olhando os resultados da nova geração de placas Polaris e Pascal, parece até que estamos vendo o line-up de uma empresa só, estrategicamente distribuído para atender os múltiplos perfis de consumidores. Até a escalada de preço respeita a ordem desse gráfico. 

Meses depois do lançamento dos primeiros produtos, ambas as arquiteturas só se encontraram na disputa entre a RX 480 e a GTX 1060, confronto que em nossa análise resulta em... um empate.

Nesse "Tratado de Tordesilhas" entre as duas empresas, a Nvidia parece se recusar a disputar o mercado de entrada, com um ou outro rumor falando de uma GTX 1050, enquanto a AMD tem dado cada vez mais indícios que as placas de vídeo Vega, as que trariam a empresa de volta a disputa do segmento de alto desempenho, são assunto para 2017.

Para as duas empresas essa divisão está excelente, algo que ficou bastante claro com a falta das novas placas nos primeiros meses no mercado. Para nós... aí a história é outra. Já não é o melhor dos mundos termos um duopólio, pior ainda quando (deliberadamente ou não) as únicas duas empresas ficam se evitando. Parece que só com uma Vega capaz de bater a GTX 1080 que a Nvidia vai se mexer para colocar a GeForce GTX 1080 Ti no mercado, e só com uma eventual GTX 1050 é que a AMD vai cobrir aquele buracão entre a RX 460 e 470, em termos de desempenho. Para nós, quanto mais disputa, melhor!


 
 
Fonte: Adrenaline

 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar