Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NA ERA DO WHATSAPP, JOVENS DEIXAM DE USAR EMAILS, BLOGS E ATÉ FÓRUNS

21/09/2016

 
 

O uso do WhatsApp é praticamente uma unanimidade entre os jovens de 15 a 29 anos com acesso à internet no Brasil, segundo a pesquisa Juventude Conectada, realizada pela Fundação Telefônica e divulgada com exclusividade para o UOL Tecnologia.

A presença do aplicativo de mensagens na vida dessa parcela da população cresceu de 86% para 99%, entre 2013 e 2015. Em contrapartida, no mesmo período, foi registrada uma queda no uso de outros tipos de comunicação, como o email (que caiu de 96% a 88%), os blogs (de 49% a 38%) e os fóruns (de 41% a 27%).

Até as redes sociais, que eram unanimidade entre os jovens em 2013, passaram a ser um pouco menos representativa. O índice de uso dessas plataformas caiu de 99% para 95%. A pesquisa foi realizada com 1.440 brasileiros de todas as regiões e classes sociais com acesso à internet.

"A expansão do uso do WhatsApp está diretamente relacionada ao uso do celular como principal meio de acesso à internet dos jovens", aponta Americo Mattar, presidente da Fundação Telefônica. Segundo o estudo, o smartphone é o dispositivo mais usado por 85% dos brasileiros de 15 a 29 anos com acesso à rede, o que representa um aumento de 102% em relação a 2013, quando apenas 42% dos entrevistados apontavam o celular como o equipamento preferencial de conexão.

Vale ressaltar que o celular foi destaque em todas as cinco regiões do país, que apresentaram algumas peculiaridades no uso de outros dispositivos. O menor índice no uso de celulares como acesso principal foi registrado no Sul, sendo 79%. O Norte, por exemplo, registrou o menor índice no uso do computador portátil: 28%, contra a média nacional de 43%. Já no Nordeste foi o computador de mesa que se mostrou menos atuante: 27%, contra a média nacional de 37%.

Mattar também atribuiu o sucesso do WhatsApp entre os jovens ao imediatismo da plataforma, à sua usabilidade e à sua discrição.

Jovens mais críticos

A pesquisa constatou ainda um pequeno aumento na participação social dos jovens. Em 2015, apenas 31% dos entrevistados diz nunca ter participado de qualquer tipo de atividade, esse percentual era de 38%, em 2013. Entre as principais formas de engajamento mencionadas estão ir para as ruas (28%), repassar convites para atos (28%), compartilhar conteúdos nas redes sociais (28%) e fazer comentários online (30%).

Os jovens destacaram ainda a preocupação em relação às manifestações feitas pela rede. Em uma escala de 0 a 10, o nível de cuidado tomado ao expressar opiniões na internet que possam não ser bem-vistas foi de 7,2. Os homens, de nível superior e das classes A e B se mostraram mais cuidadosos nesse quesito.

 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar