Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SERVIÇO ONLINE RECEBE US$ 600 MIL EM DOIS ANOS PARA DERRUBAR SITES

13/09/2016

Se o tráfego global de internet está ficando congestionado com a infraestrutura disponível atualmente no mundo, você pode “agradecer” a dois jovens israelenses criadores do serviço vDOS. A plataforma ajudou mais de 150 mil clientes a realizarem ataques de negação de serviço (o famoso DDoS) em troca de US$ 600 mil em dois anos.

A informação veio do jornalista Brian Krebs, que mantém o site Krebs on Security. Ele teve acesso a um banco de dados do serviço, que foi hackeado há pouco tempo, revelando os segredos dos clientes do vDOS.

Para quem não está familiarizado, o DDoS é um tipo de ataque que tem como objetivo derrubar um site ou algum outro serviço online. Ele funciona sobrecarregando os servidores com um número colossal de requisições simultâneas, fazendo com que o site acabe saindo do ar, ou, no mínimo apresente instabilidade, como se milhões de computadores estivessem acessando aquela página ao mesmo tempo. Estes computadores costumam estar infectados por um malware e se juntam a uma rede gigantesca de máquinas controladas pelo cibercrime, fazendo com que eles ajam como "escravos" sob o comando de um "mestre". No caso, o mestre era qualquer um que pagasse para o vDOS.
 

No caso do vDOS, o serviço de DDoS era vendido com diferentes pacotes por assinatura mensal. Quanto mais caro o pacote, maior a duração do ataque em segundos. Segundo os dados obtidos com o hack do serviço, apenas nos três meses entre abril e julho, o vDOS foi responsável por 277 milhões de segundos de ataque, o que é o equivalente a quase 9 anos de ataques concentrados em um trimestre. Isso só é possível porque o vDOS conduzia centenas ou milhares de ataques ao mesmo tempo em um só dia.

É difícil dimensionar o real nível do estrago feito pelo vDOS, mas é possível estimar que ao longo dos quatro anos de serviço, fundado em setembro de 2012, foram várias décadas de ataques. Os dados vazados só compreendem o período a partir do fim de março de 2016, dando a entender que os responsáveis apagaram os dados dos clientes dos anos anteriores.

Prisão

Krebs relata que, segundo o jornal de Israel TheMarker.com, dois jovens acusados de serem os fundadores do vDOS foram presos na última quinta-feira, 8, após um trabalho em conjunto das autoridades do país com o FBI. São eles Itay Huri e Yarden Bidani, ambos com 18 anos.

Os dois foram interrogados e liberados já na sexta-feira, após o pagamento de US$ 10 mil em fiança. No processo, as autoridades confiscaram seus passaportes, colocaram-nos em prisão domiciliar por 10 dias e os proibiram de usar a internet em qualquer tipo de dispositivo por 30 dias.

 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar