Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CORTE DESCARTA PROCESSO DE LINDSAY LOHAN CONTRA CRIADORES DE GTA V

02/09/2016

 
 
Um painel de cinco juízes optou por descartar os processos movidos pelas atrizes Linday Lohan e Karen Gravano contra a Take Two, empresa publicadora da série GTA, por conta do jogo GTA V. As atrizes alegavam que o jogo usava personagens semelhantes a elas, inclusive em materiais promocionais.
 

De acordo com a decisão dos juízes, como os nomes de Lohan e Gravano não foram usados no jogo, os processos não teriam mérito. Além disso, a corte considerou que mesmo que as personagens fossem de fato representações das duas, "a história, personagens, diálogos e ambientes únicos do jogo, combinados com a possibilidade de que o jogador decida como agir, fazem dele uma obra de ficção e sátira".

Por esse motivo, segundo os juízes, acatar os processos das atrizes feriria a primeira emenda da constituição dos Estados Unidos, que garante a liberdade de expressão. Em março, Lohan havia obtido uma primeira vitória em seu processo.

Imagem e semelhança

As duas atrizes focaram seus processos na personagem Lacey Jonas do jogo. Em GTA V, a personagem pede ao jogador que a ajude a fugir de paparazzis. Gravano chegou a argumentar também que a história da personagem Andrea Bottino tinha sido inspirada em sua própria história. O pai de Gravano, segundo o Kotaku, foi um assassino da máfia que em seguida cooperou com a polícia.

Lohan, por sua vez, também alegou que a personagem de biquini usada nos materiais promocionais do jogo era inspirada nela (a foto acima compara as duas). Em seu processo, ela chegava a mencionar especificamente o símbolo de "paz e amor" presente nas duas fotos. "A atriz vem usando o gesto manual da paz por muios anos antes e depois de seu uso no jogo", dizia o processo.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar