Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

INTEL KABY LAKE: O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE OS NOVOS PROCESSADORES

31/08/2016

kabylake-1
 
 

A nova família de processadores Kaby Lake da Intel não deveria nem existir. No começo do ano, a Intel anunciou o fim do seu famoso cronograma de lançamentos tick-tock, que garantia um novo processador sendo lançado todos os anos em setembro. O tick envolve encolher e melhorar a microarquitetura atual, enquanto o tock representa uma arquitetura completamente nova. Em vez disso, o “tock” do ano passado, Skylake, ia ficar entre nós por mais um tempo, sem previsão de um novo “tick”.

Ainda não há um “tick” oficial previsto para um futuro próximo, mas a Intel diz que fez melhorias na arquitetura de 14nm da sua família Skylake tão significativas que decidiu lançar um novo “tock”. (Para quem não sabe, a arquitetura se refere à estrutura física microscópica do processsador.) Então aqui estamos nós com o novo Kaby Lake. É a família de processadores Skylake modificada para lidar melhor com vídeo em 4K e com jogos de alto desempenho.

“É como se fosse um cronograma de lançamentos tick-tock-tock”, disse um representante da Intel.

Enquanto o Skylake do ano passado foi uma grande mudança em relação ao modelo anterior, com melhoria no consumo de bateria em notebooks, muitas das melhorias introduzidas com a família Kaby Lake são relativamente pequenas. Se você só quer navegar na internet, jogar paciência e assistir um ou outro vídeo no YouTube, não precisa adiar a compra de um novo notebook para já ter um com os chips Kaby Lake quando eles chegarem às lojas.

Mas se você trabalha bastante com vídeo, assiste a muitos filmes, ou joga muita coisa, então há motivos para se empolgar com isso aqui. O Kaby Lake pode ser a resposta aos seus desejos que você sequer sabia que tinha.

Assista a Breaking Bad e mais em 4K

No momento não existem muitos lugares no qual você pode assistir a filmes em 4K real. Só algumas TVs e set top boxes conseguem lidar com o novo padrão de vídeo. E como muita gente hoje em dia não faz questão de assistir a filmes sentado no sofá, então o Kaby Lake traz novidades excelentes para entusiastas de resoluções altas.

kaby-lake-2A nova família Kaby Lake é a primeira linha de processadores de PC que permite assistir programas de TV e filmes nativamente em 4K no seu computador, considerando que o seu monitor tenha suporte a essa resolução, claro. Em termos técnicos, significa que os chips decodificam vídeo HEVC 10-bit, o formato de vídeo que a maioria dos filmes que você conhece vem codificados. Antes disso, assistir a esse tipo de vídeo em um PC exigia placa gráfica dedicada para isso.

No momento, apenas filmes da Sony e alguns programas (incluindo Breaking Bad), entre um ou outro título por aí, vão poder ser reproduzidos em 4K nesses processadores. Mas isso não é nada catastrófico. A biblioteca de conteúdo em 4K da Sony é a maior disponível, e muita coisa já aparece em serviços populares de streaming como Netflix.

Podemos esperar muito conteúdo em 4K sendo disponibilizado durante o ciclo de vida desse chip. O que significa que ano que vem vai dar para assistir Stranger Things em 4K no seu laptop, por exemplo.

kabylake-3E a família Kaby Lake também decodifica nativamente o codec 4K do Google, VP9. Então assistir a vídeos no YouTube vai ser moleza no seu dispositivo.

Os filmes de ontem, adaptados para reprodução nas telas de hoje, não são os únicos que o Kaby Lake vai rodar melhor. O processador também promete melhorar a reprodução de vídeos em 360 graus.

Edite vídeos em 4K e 360 graus com mais velocidade

Muito do pesado da edição de vídeo depende de uma boa CPU, então é uma boa notícia a de que o Kaby Lake sabe lidar bem com vídeos em 360 graus e 4K não apenas na reprodução, mas também na edição. Quando estiver editando algum desses vídeos, a Intel diz que a família Kaby Lake vai ser 8,6 vezes mais rápida do que a linha Sandy Bridge de cinco anos de idade. Ela também consegue converter uma hora de vídeo em 4K em um software de edição para um vídeo completamente renderizado para ser enviado para a internet em apenas 12 minutos, o que é 6,8 vezes mais rápido do que os Sandy Bridge.

A Intel não forneceu benchmarks de edição de vídeo para o Kaby Lake em comparação com a geração Skylake, mas forneceu alguns outros dados. A resposta a cliques no mouse deve ser 15ms mais rápida, e o carregamento de páginas da web até 20% mais rápidos do que nos Skylake. Como essas melhorias de velocidade são quase imperceptíveis para a maioria das pessoas comum, isso por si só não faz do Kaby Lake uma atualização necessária para pessoas comuns, mas quem trabalha com edição de vídeo deve ficar de olho.

Jogos hardcore sem precisar de placas de vídeo potentes

Gamers também podem se empolgar com o Kaby Lake. Durante a Intel Developer’s Conference no começo do mês, alguns relatos falavam em um computador Kaby Lake que conseguia rodar Overwatch, da Blizzard, sem precisar de uma placa gráfica dedicada.

kabylake-4Claro, a família Kaby Lake não vai conseguir rodar um The Witcher a 60 fps, mas consegue suportar um Overwatch e outros jogos competitivos nas configurações médias a 30fps. Isso é perfeitamente adequado para a maioria dos jogadores por aí.

Abraçar Overwatch e outros títulos de e-Sports, que são menos graficamente intensos do que jogos AAA, foi uma decisão consciente da Intel, que está de olho na explosão do mercado de eSports e decidiu que é hora de roubar uma fatia dele.

Então aquele laptop barato e fino que vão te colocar para trabalhar também vai rodar Overwatch e League of Legends. Isso significa que jogar durante o expediente ficou mais fácil. Obviamente jogadores profissionais vão seguir com os equipamentos de ponta, mas é bom saber que o restante do mundo vai poder usar PCs mais humildes para jogar.

kabylake-5

Melhorias na autonomia da bateria

Melhorar o desempenho frequentemente acaba custando um pouco da autonomia da bateria, mas ainda assim a Intel diz que a família Kaby Lake melhora o consumo de energia. Quatro horas de streaming em 4K no YouTube no Skylake são sete horas no Kaby Lake. É quase o dobro!

Melhorar o consumo de energia faz sentido porque o Kaby Lake é só um processador Skylake refinado. Ele usa a mesma energia que o Skylake, mas de uma forma mais eficiente. Então funções de processamento intenso como reprodução de vídeos em 4K, edição de fotografia e vídeos, além de jogos, devem usar menos bateria do que em outros modelos.

E como o processador é mais eficiente, ele também gera menos calor, o que significa que pode ser enfiado em notebooks menores e mais finos que os processadores Skylake. Se você quer um notebook ultrafino, talvez seja uma boa esperar pela linha Kaby Lake – os notebooks devem chegar às lojas nos próximos meses.

Como eu diferencio esses processadores?

Entender qual processador é qual não é nada fácil. Para ter certeza de que está comprando a geração certa, é só olhar para uma coisa: os processadores Kaby Lake começam com o número 7. Então o i5-7500U e o m3-7Y30 são da sétima geração Kaby Lake, enquanto o 97-6920HQ é da sexta geração Skylake.

Todas as letras e números encontrados nos nomes dos processadores significam alguma coisa. Os processadores i5 e i7 são os encontrados em notebooks convencionais. Os processadores m3 são menores e mais lentos, e aparecem em tablets e notebooks ultrafinos como o Macbook. Se você puder pegar um processador i, prefira ele ao m3.

Como nada é simples, os processadores também são divididos em famílias com base em quão grandes eles são e quanta energia usam. A Intel só vai lançar dois tipos nesse ano – a série Y e a U. A série Y é de processadores de baixa energia para dispositivos muito finos.

kabylake-6

Os U são ultra processadores de baixo consumo de energia.. Apesar do nome, eles não consomem menos energia do que os Y. Em vez disso eles são mais potentes, normalmente voltados para laptops maiores.

kabylake-7

Eles não serão lançados de uma vez

Atualmente apenas as séries Y e U serão vendidas. Processadores mais potentes, como os encontrados em dispositivos para jogos ou desktops, ficam para o ano que vem.

Mas Alienware, Razer, MSI e outras fabricantes de laptops para jogos não estão muito preocupadas com a demora do lançamento dos novos notebooks. A mais recente fornada de placas de vídeo foi lançada há duas semanas. “Os jogos dependem basicamente da placa de vídeo”, disse um representante da Alienware.

Vamos torcer para que o Intel Kaby Lake consiga mudar isso.

 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar