Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GOOGLE DECLARA GUERRA CONTRA POP-UPS EM SMARTPHONES

24/08/2016


O Google anunciou hoje que passará a prejudicar sites com anúncios de página inteira estilo "pop-up" em seus resultados de busca em dispositivos móveis. Sites que mostram uma propaganda na tela inteira do dispositivo assim que são acessados terão menor chance de aparecer nas buscas feitas pela plataforma.

De acordo com a empresa, páginas com esse tipo de propaganda "dão ao usuário uma experiência pior do que aquelas nas quais o conteúdo está imediatamente acessível". Isso porque, segundo o Google, "eles pode frustrar usuários porque eles não são capazes de ver o conteúdo que esperavam ver quando selecionaram aquele resultado da busca".

Por esse motivo, a empresa pretende preterir esses sites em seus resultados de busca. Páginas que mostrem pop-ups que bloqueiam o conteúdo principal, que mostrem uma propaganda que precisa ser dispensada antes de mostrar o conteúdo principal, ou ainda que tentem disfarçar propagandas como conteúdo principal, serão afetadas pela mudança.

Exceções

No entanto, a empresa não prejudicará sites que usam pop-ups para algumas outras finalidades. Por exemplo, páginas que usam pop-ups para notificar o usuário sobre o uso de cookies, para solicitar confirmação de idade ou ainda que usem banners de tamanho razoável. Essas páginas continuarão a aparecer normalmente nos resultados de busca do Google.

Além disso, a empresa também anunciou que deixaria de indicar, nas buscas realizadas por dispositivos móveis, quais sites são otimizados para esses aparelhos. Isso porque desde que essa indicação foi introduzida, "nós vimos o ecossistema evoluir e recentemente vimos que 85% de todas as páginas nos resultados mobile já atingem essa exigência".

Legibilidade em dispositivos móveis, contudo, continuará a ser um dos mais de cem critérios que a empresa usa para avaliar os sites. A única coisa que mudará é que sites otimizados para leitura em aparelhos desse tipo deixarão de ter uma marca ao lado do resultado de busca.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar