Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SNAPCHAT PARA PRINCIPIANTES: COMO USAR VÍDEOS, FILTROS E OUTROS TRUQUES

08/08/2016

A reação imediata de alguém que (ainda) não tem o Snapchat e baixa o aplicativo pela primeira vez no smartphone geralmente é: "Não entendi nada!".

A questão é que o app realmente funciona de uma forma diferente das redes sociais com as quais as pessoas estão acostumadas.

O Snapchat não trabalha com a ideia de permanência do que você posta, com os conceitos de "favorito" ou de "curtida" nem com medidores de popularidade, que geralmente usam o número de seguidores.

Ninguém sabe quantos estão vendo as suas publicações e ninguém sabe quem você segue, a não ser você.

No Snapchat, os vídeos e fotos publicados só colocam seus usuários em evidência durante 24 horas.

Depois deste período, o que havia sido postado desaparece do histórico. E não adianta apelar para as mensagens privadas: elas se autodestroem logo depois que o destinatário as lê.

Além disso, ao contrário de redes como o Instagram, onde as fotos podem ser bem trabalhadas, meticulosamente enquadradas e ficam em uma galeria, o ponto forte no Snapchat é a espontaneidade.

O aplicativo funciona como um pequeno diário, no qual cada capítulo dura, no máximo, dez segundos. E nada é permanente.

Criando o perfil

Em primeiro lugar, é preciso criar seu perfil - e o Snapchat não aceita fazer isso por meio de sua conta do Facebook ou do Google, por exemplo. Em vez disso, pede um número de telefone.

O próximo passo é adicionar pessoas. Existem quatro opções:

  • Pelo nome de usuário;
  • A partir dos seus contatos no telefone;
  • Por "snapcode", um código que é único do perfil de cada usuário e pode ser lido pela câmera do celular, com o aplicativo aberto;
  • Pela proximidade, quando o aplicativo faz a busca e localiza usuários que estão perto de você.

Comandos básicos

Com seus contatos consolidados, é hora de checar como os comandos funcionam.

Logo que você abre o aplicativo, aparece a função de câmera. No canto inferior esquerdo, há o ícone para as mensagens privadas. No meio da tela, também na parte inferior, fica o botão circular para fazer fotos ou vídeos.

Os três pequenos círculos na parte inferior direita permitem visualizar seu histórico e de seus amigos no aplicativo, o conjunto de vídeos e fotos - ou, na linguagem dos usuários, "snaps" - feitos nas últimas 24 horas.

Na parte superior da tela, no centro, fica o ícone do fantasma, que dá acesso às informações de seu perfil e ao seu snapcode.

Filtros e mensagens

Agora vamos aos famosos filtros: para aplicar filtros aos vídeos ou fotos que faz, deslize o dedo da direita para a esquerda da tela.

Há desde filtros personalizados para o lugar onde você está (o aplicativo pede acesso à sua localização) até outros mais simples, que mostram a hora em que o vídeo ou foto foi feito, a temperatura ou mesmo a velocidade em que você estava.

Também é possível, no caso dos vídeos, acelerar a cena, deixá-la mais lenta ou reproduzi-la de trás para a frente. Ou aplicar alguns filtros de cores, como no Instagram.

Mas os filtros mais famosos do Snapchat são as "máscaras animadas" aplicadas no rosto do usuário. Neste caso, os filtros devem ser selecionados antes de fazer a foto ou o vídeo.

Para isso, é preciso usar a câmera frontal. Foque em você e deixe o dedo pressionado no centro de seu rosto - depois de alguns segundos, o menu de filtros vai aparecer.

Você também pode enviar mensagens privadas com vídeos, emojis e fotos com desenhos.

E parte da graça do Snapchat é que você escolhe por quanto tempo suas fotos e vídeos ficarão disponíveis: de um a dez segundos.

Mas, se você quiser capturar a tela de uma mensagem recebida, saiba que há um sistema que envia alertas quando algum usuário faz isso.

História e mudança

O aplicativo foi criado em 2011 por Evan Spiegel quando ele tinha apenas 21 anos.

Quando surgiu, era mais associado ao sexting, como é conhecida a troca de mensagens e fotos íntimas e comprometedoras. Cinco anos, o uso do app tinha outro perfil.

Hoje, o Snapchat tem aproximadamente 110 milhões de usuários ativos por dia, dos quais 86% são menores de 35 anos, segundo dados de dezembro de 2015 de um organismo regulador do mercado americano.

Através de fotos e vídeos, os milhões de pessoas do mundo todo compartilham suas atividades diárias, quase como um reality show em que cada capítulo não dura mais do que dez segundos.

E a forma como as fotos e vídeos são compartilhados no aplicativo é mais espontânea. A beleza ou o aspecto estético não é o principal, ao contrário do que se observa no Instagram ou no Facebook.

No Snapchat, é permitido postar uma foto sem foco ou enquadramento perfeito e fazer piada com a própria cara, cobrindo o rosto com os filtros do aplicativo.

Apesar do Facebook e do Instagram ainda estarem entre as redes sociais favoritas em várias faixas etárias, o fluxo de informação compartilhada pelo app é tão grande que os mais velhos também estão começando a demonstrar interesse.

Por isso, apesar do Snapchat ter se posicionado como o novo queridinho da faixa entre os 18 e 34 anos, ele tem tudo para se transformar em um dos preferidos entre todas as idades.
 
 
 
Fonte: Uol
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar