Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

INTERPOL PRENDE NIGERIANO QUE ERA PEÇA CHAVE EM ESQUEMA DE EMAILS FALSOS

02/08/2016

Você já recebeu um email de Mike, garantindo que tem uma grana para depositar na sua conta caso você o faça um favor? Pois então, Mike existe e foi preso. Autoridades anunciaram que um nigeriano de 40 anos foi preso numa operação conjunta entre a Interpol e a Comissão de Crimes Econômicos e Financeiros da Nigéria.

O homem era a peça chave de uma grande esquema de golpes online. Os agentes suspeitam que ele obteve mais de US$ 60 milhões de pessoas de todo o mundo, incluindo US$ 15,4 milhões de apenas uma vítima. O nigeriano é, supostamente, líder de uma rede de pelo menos 40 pessoas na Nigéria, Malásia e África do Sul que aplicavam esses golpes, além de ter ‘contatos para lavagem de dinheiro’ na China, Europa e Estados Unidos.

Aparentemente o golpe favorito de Mike era o de desvio de dinheiro, onde o “email de um vendedor é comprometido e então são enviadas mensagens falsas para o comprador, com instruções para o pagamento numa conta bancária que está sob o controle dos criminosos.” As autoridades disseram que Mike também realizou fraudes envolvendo emails de CEOs e outros executivos, exigindo transferências bancárias. Ele se envolveu, inclusive, em golpes que envolviam relacionamentos amorosos por email.

Mike agora terá de responder por acusações de conspiração, pirataria e obtenção de dinheiro por meio de identidade falsa.

“Protocolos básicos de segurança, como autenticação em dois passos e mecanismos de identificação antes de realizar transferências bancárias são essenciais para diminuir o risco de uma vítima cair num desses golpes” alerta Noboru Nakatani, da Interpol. (Fica a dica)

A Interpol não ligou Mike ao meu tipo favorito de golpe por email: aquele clássico do príncipe ou do astronauta nigeriano. Mike – e inúmeros outros golpistas – é prova de que as fraudes por email vão continuar acontecendo enquanto existirem pessoas ingênuas na internet.
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar