Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

JOGADOR COM CÓPIA VAZADA DE NO MAN’S SKY DIZ TER FINALIZADO GAME EM 30 HORAS

02/08/2016

Quanto tempo leva para finalizarmos um game como GTA V, por exemplo? Bem, no que diz respeito a jogos de mundo aberto, esta tal “finalização” é um tanto quanto relativa, dada a enorme quantidade de opções, escolhas, oportunidades, atividades e missões extras.

E no caso de jogos como Elite Dangerous, por exemplo? Simuladores espaciais com milhões (ou bilhões) de sistemas estelares, que dão ao jogador liberdade total para viajar, explorar, “perder tempo”, se divertir?

No Man’s Sky está chegando ao PC e a PlayStation 4 este mês, e promete oferecer uma quantidade realmente absurda de sistemas e planetas gerados de forma procedural.
 

Segundo a desenvolvedora Hello Games, são cerca de 18 quintilhões de planetas, e algumas estimativas são absurdamente fantásticas. A hipótese de encontrarmos outros jogadores no simulador, por exemplo, parece ser um tanto quanto improvável.

Além disso, segundo algumas estimativas, seriam necessários 586 bilhões de anos para ver todos os planetas do jogo, caso algum hipotético jogador resolvesse visitá-los, todos, durante apenas um segundo.

É muita coisa, não é? Ou será que não é bem assim? Pois um jogador que obteve uma cópia vazada do game afirma tê-lo finalizado em 30 horas. Obviamente, finalizar um jogo deste tipo é algo um tanto quanto relativo, mas o tal jogador afirma ter chegado ao “centro”.

O usuário do Reddit daymeeuhn é o autor da suposta façanha, e afirma ter feito uso de um (controverso) sistema de saltos espaciais e utilização de combustível, através do qual obteve, então, acesso ao centro da galáxia em pouquíssimo tempo.

O jogador ainda afirma que não se trata de um exploit ou cheat, mas sim de um recurso válido e existente no próprio jogo.

daymeeuhn também afirma não ter realizado nenhum tipo de “corrida ao centro”, tendo realizado outras atividades durante o período de gameplay. Ele também afirma que ainda há muito por fazer e explorar no game, incluindo chegar ao fundo de um oceano gigantesco e destruir uma estação espacial.

Não ficou claro, também, se atingir o tal centro é realmente o “final” de No Man’s Sky, e podemos, obviamente, até mesmo antecipar que um jogo desta magnitude não possui um final (em Elite Dangerous, por exemplo, a jornada até Sagittarius A, no centro da galáxia, é importante mas não representa final algum).

O jogador também não poupa elogios ao game, mas isto não impediu jogadores furiosos de fazerem duras críticas a No Man’s Sky e à Hello Games. Ele também fez uma grande quantidade de comentários relativos às suas experiências, mas aqui, fica o aviso: cuidado, existem spoilers.

De qualquer forma, temos de levar em consideração que esta foi apenas a opinião de um jogador que teria supostamente jogado o título antes de seu lançamento, através de uma cópia vazada. Ele mesmo afirma que tudo o que escreveu não é um review completo do game.

E com certeza podemos afirmar uma coisa: daymeeuhn não finalizou No Man’s Sky.

 
 
 
Fonte: Codigo Fonte

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar