Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PESQUISADOR REPAROU QUE MENSAGENS APAGADAS DO WHATSAPP PERMANECEM NO CELULAR

29/07/2016

whatsapp ios iphone
 

O WhatsApp mantém registros das suas mensagens, mesmo que você as delete. O cientista forense especializado em iOS, Jonathan Zdziarski, analisou imagens de disco das versões mais recentes do app no sistema da Apple e encontrou registros de chats apagados. Os dados podem ser recuperados por pessoas que tenham acesso físico ao celular ou por sistemas de backup remoto instalados no dispositivo.

Segundo Zdziarski, o WhatsApp deleta os registros, mas existe um problema na base de dados SQLite utilizado pelo app que não sobrescreve os chats por padrão. Dessa forma, enquanto outras mensagens não forem gravadas por cima dos chats deletados, sobram alguns traços que podem ser recuperados e reconstruídos.

Embora o WhatsApp tenha adicionado recentemente a criptografia de ponta-a-ponta, o recurso só protege os dados em trânsito, evitando que operadoras e outros intermediários acessem as conversas. A descoberta feita por Zdziarski trata dos dados que estão armazenados na memória do celular ou no backup do iCloud, que não passa por criptografia.

Isso significa que um mandato judicial enviado para a Apple poderia ser o suficiente para obter os registros de conversas do WhatsApp, mesmo aquelas que já foram apagadas. Nesse caso específico, a culpa está do lado da Apple que não criptografa os dados de backup.

Segundo o especialista, o iMessage também tem um problema similar, bem como outros aplicativos de troca de mensagens.

Na semana passada a Justiça do Rio de Janeiro bloqueou o WhatsApp no país porque a empresa não quis ceder informações para uma investigação policial. A justificativa do app é sempre a mesma: eles não conseguem acessar os registros, já que as mensagens são criptografadas. Essa pesquisa, no entanto, revela que existem algumas brechas no sistema do WhatsApp e no backup das mensagens pelo iCloud.
 
 
 
Fonte: Gizmodo
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar