Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

HOMEM SE SENTE VIGIADO PELO GOOGLE E ATACA SEDE DA EMPRESA COM COQUETÉIS MOLOTOV

06/07/2016

Google car is presented to the media in Athens on Thursday, June 5, 2014. Google has launched its Street View map service in Greece after winning approval from the privacy authority that blocked the ground-level map application five years ago. (AP Photo/Thanassis Stavrakis)

Um homem de 30 anos de Oakland foi preso por supostamente atacar a sede do Google em Mountain View, Califórnia, com coquetéis molotov.

De acordo com um depoimento, Raul Murillo Diaz lançou dois dos projéteis – garrafas de cerveja Blue Moon, uma das quais ainda tinha o pavio – em um prédio do Google em 19 de maio. As garrafas caíram perto de um carro do Street View: um incêndio começou atrás do veículo, mas ninguém se feriu.

A polícia também está investigando se Diaz está por trás de outros dois crimes recentes relacionados ao Google: a queima intencional de um carro autônomo, e um tiroteio que teve como alvo as janelas do escritório da empresa.

Imagens de vigilância coletadas de cada local supostamente mostram o mesmo Volkswagen Touareg 2004, mesmo carro que Diaz dirige. Os policiais também encontraram uma bomba no carro dele quando o abordaram, de acordo com a NBC.

Quando questionado pela polícia, Diaz teria dito que ele “sentia que o Google o estava vigiando e isso o deixou irritado”, e que ele mantinha diários documentando quando sentia que estava sendo observado.
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar