Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CHEGOU A NOVA GERAÇÃO DO WI-FI; SAIBA DO QUE ELA É CAPAZ

30/06/2016

A nova geração do Wi-Fi chegou. A Wi-Fi Alliance, a organização responsável por ditar os padrões e requerimentos de produtos com conexão sem fio, começou a certificar uma nova onda de dispositivos, adicionando recursos na especificação 802.11ac.

O padrão AC já está no mercado há alguns anos, mas o novo programa de certificação é voltado para a “segunda onda” de recursos, com novidades que não estavam disponíveis no lançamento.

A grande novidade é a certificação do MU-MIMO, uma tecnologia que permite a conexão de múltiplos dispositivos ao mesmo roteador. O recurso é uma evolução do MIMO, que já estava presente no padrão 802.11ac, com maior efetividade no multitarefa.

Os roteadores sem fio funcionam, de modo geral, transmitindo informações para um dispositivo conectado por vez. O aparelho alterna rapidamente entre os celulares, laptops, tablets, consoles ou quaisquer outros eletrônicos conectados de modo que a transição é, geralmente, imperceptível. No entanto, quando há muitos dispositivos, a fila começa a ficar maior do que a capacidade do roteador, e começa a haver perda de qualidade da internet. É quando as páginas começam a carregar devagar e os vídeos começam a travar.

O MU-MIMO é uma ferramenta que pode mudar isso, porque permite que o roteador se comunique com vários aparelhos simultaneamente, reduzindo a fila e o tempo de espera.

Outra mudança é o fato de que o Wi-Fi 802.11ac da segunda onda dobrou a largura de banda máxima dos canais, chegando a 160 MHz em vez dos 80 MHz de anteriormente. Até então, cada fluxo de dados poderia chegar a velocidades de até 433 Mbps, mas com o aumento da banda, o fluxo pode chegar a 866 Mbps, o que é o dobro de velocidade, pelo menos em teoria.

O novo padrão expande o suporte ao canal de 5 GHz, colocando mais dispositivos nos canais extras da frequência, o que deve usar o espectro de forma mais eficiente. A ideia é que 96% dos aparelhos conectados até 2020 terão suporte às duas frequências do Wi-Fi, o que inclui a rede de 2,4 GHz e a de 5 GHz (entenda a diferença entre os dois aqui).

Os primeiros chips com o novo padrão, de empresas como Broadcom, Qualcomm, MediaTek, Quantenna e Marvell, já foram aprovados, e devem começar a dar as caras na próxima geração de roteadores.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar